17 11 2020 policia caragua mp policia prefeituraA Polícia Civil e o Ministério Público deflagraram na manhã desta terça-feira (17/11) uma operação para investigar supostas fraudes em contratos na Prefeitura de Caraguatatuba (SP). Um dos alvos da investigação é José Pereira de Aguilar, ex-prefeito e pai do prefeito reeleito Aguilar Júnior.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a investigação teve início após apontamentos de fraudes em contratos de prestação de serviços para a administração municipal.

A pasta não especificou quais os contratos sob suspeita, mas foi apurado que a operação investiga contratos da administração com a empresa Pioneira Saneamento Ltda para prestação de serviços de saneamento ambiental e limpeza urbana.

O valor contratual é de R$ 17 milhões, mas ao longo do período ele sofreu aditivos.

A suspeita é de desvio de recursos públicos envolvendo o contrato. A polícia e o MP acreditam que a planilha de prestação de serviços do contrato tenha sido alterada, com a inclusão de serviços que não foram prestados, além de superdimensionamento das atividades.

A ação cumpre 19 mandados de busca e apreensão em endereços no litoral, Vale do Paraíba e Alto Tietê. O objetivo é localizar e apreender documentos e objetos ligados aos investigados que auxiliem nas investigações.

Entre os investigados está José Pereira de Aguilar, pai do prefeito de Caraguatatuba, além de pessoas ligadas à administração e a empresa. As investigações apontam que ele estaria se valendo do cargo do filho para exercer controle sobre o contrato.

Em vídeo publicado nas redes sociais, José Pereira de Aguilar nega envolvimento com qualquer irregularidade. "A Polícia Civil esteve na minha casa, a mando do Ministério Público, para averiguar algo que eu não sei exatamente o que está acontecendo. Eu não tenho nada a esconder e vou colaborar com a Justiça pra esclarecer qualquer coisa que for necessária", disse.

A Prefeitura de Caraguatatuba informou que a "Polícia Civil realizou mandados na Secretaria de Serviços Públicos. Ainda não fomos informados sobre o que se trata a investigação, mas colaboramos com toda a ação e todos os documentos solicitados foram entregues".

 


01 12 2020 regiao crz numero corona01 12 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01