10 09 2020 policia roger abdelmassih hospitalO ex-médico Roger Abdelmassih, condenado por estupro de pacientes, foi transferido da P2 em Tremembé (SP) para um hospital penitenciário na capital paulista na noite desta quarta-feira (09/09). Ele deixou a penitenciária por volta de 19h30.

A transferência foi obtida pela defesa de Abdelmassih após um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF). Os advogados recorreram da decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que revogou a prisão domiciliar e determinou que ele voltasse a cumprir pena em Tremembé.

Ele retornou para a penitenciária no interior paulista em 31 de agosto e com a decisão do STF, assinada na terça-feira (08/09) pelo ministro Ricardo Lewandowski, foi transferido para um hospital penitenciário.

A defesa do ex-médico informou que não vai se manifestar sobre a transferência. A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) foi procurada, mas não retornou até a publicação da reportagem.

O pedido da defesa foi feito no dia 25 de março depois que alguns presos do regime semiaberto em Tremembé foram liberados por risco de contaminação.

No documento, a advogada de defesa e esposa dele, Larissa Abdelmassih, reforça a urgência de que ele seja colocado em prisão domiciliar, tendo em vista que caso fosse infectado, estaria duplamente em risco, pela idade avançada e doenças cardíacas.


18 09 2020 regiao crz numero corona

18 09 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01