04 03 2021 mundo covaxin eficaciaA vacina Covaxin, da Bharat Biotech, apresentou 81% de eficácia na prevenção da covid-19 em uma análise preliminar de ensaio em fase 3 na Índia, informou ontem a própria empresa.

A notícia reforça o ânimo de profissionais de saúde que já vinham sendo imunizados, antes de ter esses dados em mãos.

O resultado positivo também reforça as perspectivas de vendas no exterior, pois a vacina, a primeira de covid-19 bem-sucedida da Índia, já atrai o interesse de mais de 40 países, de acordo com a Bharat Biotech, que tem sede em Hyderabad. "A Covaxin demonstra alta eficácia clínica contra a covid-19", afirmou Krishna Ella, presidente da Bharat, em comunicado. A análise, segundo ele, é baseada em 43 casos de pacientes que apresentaram sintomas que variam de leves a moderados e graves. Do total de casos, 36 eram do grupo placebo, e 7 foram dos que receberam a vacina.

Os resultados são divulgados em um momento em que a Índia se esforça para convencer trabalhadores de saúde e de linha de frente a tomar a Covaxin, que foi aprovada em janeiro sem dados de eficácia de estágio final. Até a semana passada, não mais que 11% dos mais de 10 milhões de indianos vacinados haviam tomado a injeção da Bharat Biotech.

Muitos políticos do país, incluindo o primeiro-ministro Narendra Modi, foram vacinados com a Covaxin, em vez da vacina da AstraZeneca e da Universidade de Oxford, também produzida no país. A Bharat disse que a próxima análise provisória terá como alvo 87 casos e a análise final incluirá 130 casos. Sua primeira análise foi com base em um ensaio clínico de fase 3 com 25.800 participantes, conduzido pelo governo indiano. O estudo incluiu 2.433 participantes com mais de 60 anos e 4.500 com comorbidades.

Brasil

No dia 20/02, o Ministério da Saúde autorizou a dispensa de licitação para a compra da Sputnik V e da indiana Covaxin. No dia 25, o Ministério da Saúde informou que assinou contrato com a Precisa Medicamentos/ Bharat Biotech para a compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin. A aplicação de dose, porém, ainda depende de aval da Anvisa. (Com Agências Internacionais)

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo


13 04 2021 regiao crz vacinometro13 04 2021 regiao crz numero corona13 04 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01