07 10 2019 brasil varejo paulistaA chegada de datas como a Black Friday e o Natal deve gerar cerca de 33 mil vagas temporárias de emprego no varejo paulista a partir deste mês, segundo avaliação de economistas da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

O número representa uma estimativa de crescimento de 7,86% em relação ao mesmo período do ano passado.

A entidade estima que só a capital deve concentrar cerca de 36% das vagas. Ao mesmo tempo, há chance de que 15% do total de empregos temporários criados no Estado sejam posteriormente efetivados. A entidade avalia que 10% das vagas criadas no período sejam de empregos parciais e/ou intermitentes.

Metade das vagas deve ser aberta no setor de vestuário, tecidos e calçados. Em seguida, vêm os supermercados, que podem concentrar cerca de 25% das oportunidades. O restante será dividido entre os segmentos de vendas de eletrodomésticos, eletrônicos, móveis e decoração, lojas de departamento, farmácias e perfumarias.

Perspectiva otimista

Para os analistas da FecomercioSP, a expectativa de vendas para este ano está melhor por conta da liberação de recursos do PIS e do FGTS, além do pagamento da primeira parcela do 13º salário para aposentados em setembro. A equipe diz que o setor varejista tem apontado alta de 5% nas vendas.

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio, levantado pela FecomercioSP, que atingiu 115,3 pontos em setembro, representando alta de 13,2% em relação ao mesmo mês de 2018, é outro fator apontado para se basear nessa perspectiva. O indicador leva em conta 541 empresas na capital paulista.


22 01 2021 regiao crz numero corona22 01 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01