31 01 2020 esportes raniel santos bate inter limeiraA torcida do Santos não sentiu saudades de Jorge Sampaoli na quinta-feira (30/01). A equipe alvinegra fez sua melhor exibição sob o comando de Jesualdo Ferreira, superou a Inter de Limeira, do técnico Elano, por 2 a 0, na Vila Belmiro, e conquistou o segundo triunfo no Campeonato Paulista. Raniel foi o destaque ao marcar duas vezes.

Com o resultado, o Santos chega aos sete pontos, se mantém na liderança do Grupo A e chega fortalecido para o clássico com o Corinthians, domingo, em Itaquera. A Inter de Limeira continua com três pontos no Grupo C e está quatro atrás do São Paulo, líder da chave.

Jesualdo alterou o time para o terceiro jogo na temporada. As mudanças foram do meio de campo para frente, com Jobson, Evandro, Tailson e Uribe entre os titulares. A justificativa principal foi o calendário apertado, já que o Santos jogou segunda-feira em Campinas, nesta quinta e já joga no domingo, mas o treinador português queria observar opções. E não se arrependeu.

O primeiro tempo da equipe foi excelente, os melhores 45 minutos do Santos sob o comando de Jesualdo. O time teve controle total da partida, com 74% de posse de bola e boa participação de Evandro, e criou pelo menos seis boas oportunidades. A Inter de Limeira pouco conseguiu produzir, principalmente pela falta de espaço.

O placar foi aberto aos 22 minutos. Após finalizar uma bola na trave, Raniel acertou um chute perfeito da entrada da área, no ângulo do goleiro Rafael Pin. O atacante não marcava desde o dia 22 de julho do ano passado, quando fez pelo São Paulo na vitória diante da Chapecoense por 4 a 0, no Morumbi.

O segundo gol foi anotado também Raniel. Aos 45 minutos, o atacante escapou da marcação de Matheus Neris após cobrança de escanteio de Diego Pituca e tocou para o gol. "Estava doido para fazer o gol. Estava até um pouco ansioso. As coisas acontecem para quem trabalha", afirmou o atacante. "As peças individuais aparecem quando o conjunto funciona", completou.

O desenho do começo da etapa final foi muito parecido com o do primeiro tempo. O Santos controlava o jogo para evitar conceder campo para o adversário. Elano até adiantou suas peças para tentar surpreender Jesualdo, mas faltava qualidade e eficiência para furar o bloqueio defensivo.

Com o passar do tempo e sem qualquer ameaça da Inter de Limeira, o Santos se acomodou e repetiu o futebol preguiçoso dos dois primeiros jogos na parte final da partida. Apesar disso, o resultado estava garantido. Deu até tempo de Jesualdo colocar o jovem Renyer, de apenas 16 anos, para o batismo entre os profissionais.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 X 0 INTER DE LIMEIRA

SANTOS: Everson; Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan (Carlos Sánchez); Jobson, Diego Pituca e Evandro (Alison); Tailson (Renyer), Raniel e Uribe. Técnico: Jesualdo Ferreira.

INTER DE LIMEIRA: Rafael Pin; Roger Bernardo, João Victor, Bruno Oliveira e Jonathan (Lucas Balardin); Matheus Neris (Murilo Rangel), Marquinhos, Geovane e Thomaz; Lucas Braga e Airton Moisés (Tcharlles). Técnico: Elano.

GOLS: Raniel, aos 22 e 45 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO: Vinicius Gonçalves Dias Araujo.

CARTÕES AMARELOS: Matheus Neris e Geovane.

PÚBLICO: 5.419 pagantes.

RENDA: R$ 193.305,00.

LOCAL: Vila Belmiro, em Santos.


24 09 2020 regiao crz numero corona24 09 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01