08 02 2019 esportes bahia liverpoolO Bahia sabia que o uruguaio Liverpool jogaria por uma oportunidade e por isso precisaria estar ligado os 90 minutos. No entanto, em uma desatenção da defesa, Ignácio Ramírez garantiu a vitória do time uruguaio por 1 a 0, na Fonte Nova, pela primeira fase da Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira.

A partida de volta está marcada para 21 de fevereiro, no Estádio Belvedere, em Montevidéu. O Liverpool tem a vantagem do empate, enquanto o Bahia precisa vencer por dois ou mais gols de vantagem - triunfo por um gol de diferença, desde que marcando ao menos dois também serve. Se o time devolver o 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis.

Apesar de o Bahia ter começado com mais posse de bola, quem chegou pela primeira vez com perigo foi o Liverpool. Maureen Franco arriscou de fora da área e exigiu boa defesa de Douglas. A resposta veio pelo alto. Shaylon cobrou escanteio e Moisés cabeceou perto da trave. Aos 26, Guilherme cobrou falta e Jorge Bava espalmou pela linha de fundo.

Melhor em campo, o Bahia quase abriu o placar em chute cruzado de Gilberto, mas o goleiro voltou a salvar o Liverpool. Já nos minutos finais do primeiro tempo, os jogadores reclamaram de um pênalti não marcado em cima de Artur. Na sequência, Douglas evitou gol olímpico de Maureen Franco.

O panorama do jogo não mudou depois do intervalo. Logo aos seis minutos, Guilherme exigiu grande defesa de Bava em cabeceio colocado. Apesar da pressão do Bahia, a torcida começava a ficar impaciente com as chances desperdiçadas. A situação ficou ainda mais complicada aos 35 minutos.

Ignácio Ramírez aproveitou cobrança de falta para dentro da área e cabeceou firme. Douglas se esticou todo, mas não conseguiu fazer a defesa. O empate quase veio em chute de Nino Paraíba.


25 09 2020 regiao crz numero corona25 09 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01