04 01 20201 esportes city chelseaO Manchester City mostrou no domingo (03/01) que está de volta à briga pelo título do Campeonato Inglês.

Com um futebol envolvente, sem dar chances para o rival, principalmente no primeiro tempo, o time comandado pelo técnico espanhol Pep Guardiola derrotou o Chelsea por 3 a 1, mesmo jogando no estádio Stamford Bridge, em Londres, pela 17.ª rodada.

Os gols do Manchester City foram todos marcados antes do intervalo. Gündogan, Phil Foden e Kevin De Bruyne deram tranquilidade e muita confiança contra um Chelsea que ficou perdido em campo com a marcação e o rápido toque de bola do adversário. Somente nos acréscimos do segundo tempo que Hudson-Odoi conseguiu descontar para os donos da casa.

Com a vitória fora de casa, o Manchester City chegou aos 29 pontos e assumiu a quinta colocação. Mas tem duas partidas a menos, o que no aproveitamento o coloca em terceiro, pouco abaixo dos líderes Liverpool e Manchester United. O Chelsea, por outro lado, está no oitavo lugar, com 26.

Na primeira etapa, o massacre se tornou evidente pelos números. Os visitantes chutaram 11 vezes ao gol do Chelsea, sendo quatro arremates na direção do gol. Por outro lado, o time de Londres não finalizou nenhuma vez na meta defendida pelo goleiro brasileiro Steffen.

O primeiro gol saiu aos 17 minutos. Zinchenko deu bom passe para Foden, que acionou Gündogan. O meia alemão girou e bateu com o pé direito no canto para balançar as redes. A vantagem aumentou quatro minutos depois. De Bruyne tocou para Foden e o jovem atacante chutou com a esquerda.

Apesar dos esforços de Pulisic no ataque, o Chelsea não conseguia ameaçar os visitantes. E o terceiro gol do Manchester City saiu em um contra-ataque. Sterling ficou com o campo livre para invadir a área, brecar e acertar a trave. No rebote, De Bruyne dominou e ampliou a vantagem.

No segundo tempo, o Chelsea melhorou o seu setor defensivo, mas não teve forças no ataque. Só conseguiu mesmo diminuir. Aos 47 minutos, após jogada bem trabalhada pela esquerda, Havertz fez o cruzamento rasteiro, Timo Werner não alcançou, mas Hudson-Odoi chegou a tempo de completar para o gol.

No outro jogo de domingo, o Leicester City derrotou o Newcastle por 2 a 1, fora de casa, e retomou a terceira colocação, que havia perdido no sábado para o Tottenham. Tem agora 32 pontos, contra 33 de Liverpool e Manchester United.

Os gols saíram no segundo tempo. James Maddison, em um chute da entrada da área, abriu o placar para o Leicester City aos 10 minutos, Youri Tielemans ampliou aos 27 e o centroavante Andy Carroll diminuiu para o Newcastle aos 37.


25 02 2021 regiao crz vacinometro25 02 2021 regiao crz numero corona25 02 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01