21 11 2020 esportes santos rollo reforcaO presidente do Santos, Orlando Rollo, voltou a defender a necessidade de o clube vender Lucas Veríssimo. Na última terça-feira, os membros do Conselho Fiscal rejeitaram a proposta de 6,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 41,5 milhões) apresentada pelo Benfica.

Com isso, a oferta nem foi colocada em votação para os membros no Conselho Deliberativo. E o clube só pede fechar a transação com esse aval.

Rollo afirmou que o Benfica cogita retirar a proposta para ter Veríssimo no seu elenco a partir de 2021. "Para o Santos é ruim, mas conseguimos uma instituição bancária que vai antecipar os valores e a gente cobriria nossas dívidas. O Conselho Fiscal vetou esse negócio por questões técnicas. Presidente Marcelo Teixeira pediu para a gente reapresentar em alguns dias, só que o Benfica está prestes a desistir do negócio", disse, em entrevista coletiva, nesta sexta-feira.

O presidente em exercício do Santos também defendeu o acordo apresentado pelo clube para receber imediatamente o valor da transação. A diretoria havia acionado uma instituição financeira belga para antecipar os valores e ficaria com 5,1 milhões de euros (R$ 32,5 milhões) à vista, já descontando 15% de taxa cobrada pela operação e outros encargos.

"Em valores aproximados, são mutáveis de acordo com o câmbio do dia do negócio, a taxa seria referente a um desconto de 15%, pelo fato de ser uma forma de parcelamento longo do Benfica", afirmou.

Com a incerteza sobre o futuro de Veríssimo, que tem sido alvo de interesse de outros clubes há algumas janelas de transferências, Rollo explicou que decidiu renovar o contrato do zagueiro para motivá-lo. "Imagina você, nos últimos anos, toda janela que abre você saber pela imprensa que vai ser negociado", disse.

OUTRAS NEGOCIAÇÕES TRAVADAS - Na entrevista coletiva, Rollo explicou que a negociação com o Huachipato pela dívida por Soteldo travou. O time venezuelano, que receberia os 50% dos direitos do Santos sobre o atleta para retirar a ação na Fifa, fez novas exigências. "O clube chileno fez novas exigências que não estavam cobertas no que foi aprovado no Conselho Deliberativo", afirmou.

O clube também encerrou a "vaquinha virtual" com R$ 1,1 milhão arrecadado, abaixo da terceira meta, de R$ 2 milhões. O clube prometeu usar o valor para quitar parte da dívida com o Atlético Nacional por Felipe Aguilar. Mas ainda não há um acordo, pois o valor total a ser pago é de cerca de R$ 7 milhões. "Esses valores serão usados exclusivamente para pagamento das dívidas na Fifa, creio eu que, mais especificamente com o Atlético Nacional", explicou o dirigente.


20 07 2021 regiao crz corona faixa etaria20 07 2021 regiao crz numero corona20 07 2021 regiao crz vacinometro

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01