17 10 2020 esportes america mg vence botafog spCom um dos gols em uma linda cobrança de falta de Marcelo Toscano e outro de pênalti, o América-MG emplacou a terceira vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro e se firmou no G-4 - a zona de acesso à primeira divisão - ao bater o Botafogo-SP por 2 a 1 na noite de sexta-feira (16/10), no estádio Santa Cruz, pela 16ª rodada. Rafinha, nos acréscimos, diminuiu para o time paulista.

O América dorme na terceira posição, com 29 pontos, abrindo seis do Avaí, quinto colocado. O Botafogo, por sua vez, conheceu a sua quinta derrota no estádio Santa Cruz e a terceira consecutiva na competição. O time de Ribeirão Preto tem 14 pontos, na 17ª colocação, abrindo a zona de rebaixamento.

O primeiro tempo foi amarrado, com poucas oportunidades de gol. O time da casa teve um leve domínio, mas viu o adversário equilibrar na parte final. Sem conseguir criar, a equipe mineira apostou no talento de Ademir, que estava apagado. O único lance de perigo foi em um chute da intermediária de Geovane, nas mãos do goleiro Darley.

Pelo lado do Botafogo, Wellington Tanque teve a chance de colocar seu time na frente do marcador. Após bela jogada de Bady, o atacante recebeu dentro da área, mas errou o alvo. A segunda tentativa veio depois de passe de Ronald. O chute ficou na grande defesa de Matheus Cavichioli.

O panorama do segundo tempo não mudou muito. O jogo continuou truncado, coube à individualidade ser decisiva. Aos 11 minutos, Marcelo Toscano cobrou falta com precisão, no ângulo de Darley. A bola saiu em curva e passou pelo lado da barreira. O gol serviu de punição ao clube paulista, que fez muitas faltas durante toda a partida.

O Botafogo sentiu o gol e deu mais espaço para o América, que começou a mandar em campo. Em grande jogada de Ademir, o atacante limpou a marcação e jogou para Geovane. Ele chutou cruzado, caprichosamente, pela linha de fundo. Léo Passos, em cabeçada, quase fez o segundo. A bola passou rente à trave.

Aos 35, o América enfim ampliou. Jordan derrubou Léo Passos dentro da área e o árbitro marcou pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança para fazer 2 a 0. O Botafogo ainda descontou aos 49 minutos, em cobrança de pênalti de Rafinha. Mas não dava nem para sonhar com o empate, porque logo em seguida o jogo acabou.

Na próxima rodada, o América enfrenta o Brasil de Pelotas na terça-feira, às 16h30, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). No mesmo dia, às 19h15, o Botafogo visita o CSA no Rei Pelé, em Maceió (AL).

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO-SP 1 x 2 AMÉRICA-MG

BOTAFOGO-SP - Darley; Valdemir, Jordan, Robson (Walisson Maia) e Gilson; Victor Bolt (Ferreira), Elicarlos (Jeferson) e Bady (Dodô); Rafinha, Ronald e Wellington Tanque (Judivan). Técnico: Claudinei Oliveira.

AMÉRICA-MG - Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e Sávio; Zé Ricardo, Geovane (João Paulo) e Marcelo Toscano (Rickson); Ademir (Thalys), Léo Passos (Guilherme) e Felipe Azevedo (Felipe Augusto). Técnico: Lisca.

GOLS - Marcelo Toscano, aos 11, Léo Passos, aos 35, e Rafinha aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Jordan e Robson (Botafogo); Geovane e Rickson (América).

ÁRBITRO - Diego da Costa Cidral (SC).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).


20 10 2020 regiao crz numero corona20 10 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01