15 10 2020 esportes gremio jogar bemO Grêmio voltou a respirar no Campeonato Brasileiro ao vencer o Botafogo, por 3 a 1, nesta quarta-feira (14/10) à noite, na sua arena, em Porto Alegre (RS), pela 16ª rodada.

O time gaúcho jogou melhor, principalmente no segundo tempo, quando, por curiosidade, perdeu Diego Souza expulso aos sete minutos. Ele marcou um gol e os outros dois foram de Pepê.

A vitória reabilitadora deixou o time dirigido por Renato Gaúcho com 20 pontos, no meio da tabela. O Botafogo, que não perdia há cinco jogos, segue com 18 pontos, ainda tentando se afastar da zona de rebaixamento.

O interessante é que o clima tinha ficado pesado pela sequência irregular gremista e pela derrota para o Santos, por 2 a 1, na Vila Belmiro, na rodada passada. De outro lado, o Botafogo vinha de duas vitórias importantes sobre o Palmeiras e Sport, ambas por 2 a 1. Todas sob o comando de Bruno Lazaroni, que substituiu Paulo Autuori.

O primeiro tempo foi bastante amarrado, com os dois times ostentando o estigma de reis do empate. O time gaúcho tem oito e o carioca, nove resultados iguais. Mas o Grêmio mantinha maior posse de boa e com maior volume de jogo chegou a abrir o placar aos 33 minutos.

O lance começou com Diego Souza, de costas, dominando a bola na linha da grande área. Ele abriu para Robinho do lado direito, de onde saiu o cruzamento alto na segunda trave. Alisson ajeitou de cabeça e Diego Souza, na pequena área, se abaixou para completar de cabeça para as redes.

O Botafogo, até então, não tinha ameaçado o goleiro Vanderlei, mas chegou ao empate aos 40 minutos num lance de bola parada, a sua característica. Do lado esquerdo, Victor Luís fez o levantamento em direção à pequena área, onde Matheus Babi desviou de leve de cabeça. A bola tocou na perna de Pedro Raul e o rebote sobrou para o próprio Babi. Ele se esticou e completou de perna direita para as redes: tudo igual.

O segundo tempo começou movimentado. O Grêmio ficou na frente logo aos dois minutos, quando Diego Souza fez com perfeição a função de pivô. Recebeu a bola de costas dentro da área, esperou o momento certo para tocar de lado para o chute forte de Pepê com o pé esquerdo. A bola entrou no alto.

Mas Diego Souza quase pôs tudo a perder aos sete minutos, ao ser expulso. Numa dividida com Guilherme Santos, ele deixou a perna nas nádegas do botafoguense. O VAR alertou o árbitro Luiz Flávio de Oliveira sobre a agressão e o atacante acabou sendo expulso. Em seguida, Renato Gaúcho fez uma troca de recomposição com a entrada de Isaque no lugar de Robinho. Ganhou mobilidade, sem deixar de atacar.

Na tentativa de buscar o empate, o Botafogo até se atirou ao ataque mesmo para aproveitar a vantagem de ter um jogador a mais em campo. Teve uma chance com Matheus Babi que chutou sem ângulo pelo lado direito, mas Vanderlei espalmou a escanteio.

Mas antes de sofrer o empate, o Grêmio marcou o terceiro gol aos 20 minutos numa bela jogada pelo lado direito, com rápida troca de bola de pé em pé. De Isaque para Victor Ferraz e dele o cruzamento, na linha de fundo, para Pepê que bateu de primeira por baixo do goleiro. Segundo dele na noite.

O técnico Bruno Lazaroni tentou mudar o Botafogo com as entradas de Kalou e Lecaros, respectivamente, nos lugares de Caio Alexandre e Rhuan. No intervalo já tinha colocado o japonês Honda na vaga de Rentería e nos primeiros minutos trocou Guilherme Santos pelo experiente Cícero. Mas o time gaúcho se posicionou bem em campo, pouco permitindo ao adversário. Valorizou a posse de bola e deixou o tempo passar até o final.

Os dois times voltam a campo pela 17ª rodada do Brasileiro no fim de semana. O Grêmio vai enfrentar o São Paulo no sábado, às 21 horas, no Morumbi, enquanto o Botafogo vai pegar o Goiás na segunda-feira, às 20 horas, no estádio Nilton Santos, o Engenhão.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 3 x 1 BOTAFOGO

GRÊMIO - Vanderlei; Victor Ferraz, Pedro Geromel, Rodrigues e Diego Barbosa; Matheus Henrique, Maicon (Lucas Silva) e Robinho (Isaque); Alisson, Diego Souza e Pepê (Bruno Cortez). Técnico: Renato Gaúcho.

BOTAFOGO - Diego Cavalieri; Kevin, Diego Souza (Kelvin), Kanu e Victor Luís; Rentería (Honda), Caio Alexandre (Lecaros) e Guilherme Santos (Cícero); Rhuan (Kalou), Pedro Raul e Matheus Babi. Técnico: Bruno Lazaroni.

GOLS - Diego Souza, aos 33, e Matheus Babi, aos 40 minutos do primeiro tempo. Pepê, aos 2 e aos 20 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Rodrigues, Matheus Henrique e Maicon (Grêmio); Guilherme Santos e Matheus Babi (Botafogo).

CARTÃO VERMELHO - Diego Souza (Grêmio)

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (SP).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).


20 10 2020 regiao crz numero corona20 10 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01