11 09 2020 esportes vasco virada atletico goO Vasco perdeu a chance de se aproximar dos líderes do Campeonato Brasileiro ao ser derrotado pelo Atlético-GO por 2 a 1 de virada, na noite de quinta-feira (10/09), em São Januário, pela nona rodada. Ex-jogador do Vasco, Renato Kayzer marcou os dois gols do time visitante.

Com a derrota, o Vasco permanece com 16 pontos, ocupando agora a sexta colocação, seis pontos atrás do Internacional, que venceu o Ceará por 2 a 0 e se isolou na liderança. O Atlético, com nove pontos, deixou a zona do rebaixamento e pulou para a 14ª posição, um ponto acima do Athletico-PR, primeiro time da zona do rebaixamento.

O primeiro tempo teve o Atlético-GO melhor. O Vasco tentava tomar a iniciativa da partida, mas sentia a ausência do meia Martín Benítez, que foi poupado. Sem seu principal armador, o time carioca tinha muita dificuldade para acionar os jogadores de frente.

O Atlético, por sua vez, atuava mais fechado, mas contava com escapadas em velocidade, principalmente de Chico e Janderson, que puxavam contra-ataques perigosos pelas pontas.

Na segunda etapa, o jogo ficou ainda mais movimentado. Após segurar uma pressão do Atlético, o Vasco abriu o placar aos 16 minutos com o artilheiro Germán Cano. O meia Thalles Magno tocou, a bola desviou na defesa e o centroavante mostrou seu faro de gol, tocando de primeira na saída do goleiro.

A resposta do time goiano, no entanto, foi imediata. No lance seguinte, Renato Kayzer recebeu cruzamento de Nicolas e completou de cabeça para empatar a partida. Não demorou, e o time visitante ainda virou, novamente com Renato Kayzer. Aos 28 minutos, o atacante aproveitou cruzamento da direita e marcou mais uma vez de cabeça, virando o placar e garantindo a vitória.

No último minuto do tempo normal, Cano ainda voltou a balançar as redes, mas o árbitro de vídeo anulou a jogada por toque de mão do atacante argentino.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela décima rodada do Brasileirão. O Atlético visita o Bahia, em Pituaçu, enquanto o Vasco faz um clássico contra o Botafogo, no Engenhão.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 1 x 2 ATLÉTICO-GO

VASCO - Fernando Miguel; Yago Pikachu, Miranda, Marcelo Alves e Henrique; Andrey (Marcos Júnior), Fellipe Bastos (Bruno Gomes), Carlinhos (Vinícius) e Bruno César (Ribamar); Talles Magno (Ygor Catatau) e Germán Cano. Técnico: Ramon Menezes.

ATLÉTICO-GO - Jean; Dudu, Éder, João Victor e Nicolas; Edson, Marlon Freitas (Matheus Vargas) e Gustavo Ferrareis (Everton Felipe); Janderson (Matheuzinho), Renato Kayzer e Chico (Oliveira). Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Germán Cano, aos 16, e Renato Kayzer, aos 17 e aos 28 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Vinícius e Talles Magno (Vasco); João Victor (Atlético-GO).

CARTÃO VERMELHO - Bruno Gomes (Vasco).

ÁRBITRO - Heber Roberto Lopes (SC).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).


24 09 2020 regiao crz numero corona24 09 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01