10 09 2020 esportes goias coritibaA Serrinha, em Goiânia (GO), foi palco de um jogo para lá de movimentado, na noite de quarta-feira (09/09), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Em duelo de seis gols, duas expulsões e dois pênaltis, Goiás e Coritiba ficaram no empate por 3 a 3.

Com o resultado, os visitantes ficam com oito pontos, em nove duelos. Os donos da casa, por outro lado, seguem na lanterna do Brasileirão, com apenas cinco pontos em sete partidas.

Mesmo atuando longe de casa, o Coritiba foi o time que regeu as ações por praticamente todo o primeiro tempo, tanto que abriu o placar logo aos 12 minutos. Hugo Moura ligou contra-ataque com William Matheus, que cruzou na medida para Sassá escorar. Mas foi Robson quem chegou concluindo para o fundo do barbante.

Depois, aos 28, William Matheus colocou a bola na área, e Sassá pegou muito bem, mas acabou carimbando o pé da trave esquerda. O placar ficou mais elástico aos 32 minutos. Edilson tentou recuar para Tadeu. O passe saiu curto, o que fez com que o goleiro esmeraldino precisasse dividir com William Matheus, que venceu a disputa e mandou a bola para dentro, meio sem querer.

Foi só a partir dos 42 minutos que o confronto ganhou um novo rumo. William Matheus foi tentar afastar cruzamento de Jefferson, mas tocou com a bola na mão, cometendo pênalti. Aos 44, Rafael Moura foi para a cobrança e, com categoria, descontou: 2 a 1.

O próprio "He-Man" se envolveu em outro lance capital, logo na sequência. Aos 47, o veterano centroavante segurou Rodolfo Filemon. O zagueiro se estressou e deu um coice, acertando a região da virilha do atacante. Acabou tomando o cartão vermelho.

Com um jogador a mais e atuando dentro de casa, o Goiás assumiu as rédeas e controlou as ações na etapa final. E. logo no começo do segundo tempo, conseguiu criar duas boas ações. Aos 11, Edílson levantou na área, e Daniel Bessa cabeceou por cima do travessão.

Na sequência, aos 15, Vinícius Lopes recebeu de Rafael Moura e finalizou firme. O chute, porém, acabou saindo no meio da meta, facilitando a defesa do goleiro Wilson.

Depois, os donos da casa exploraram a bola aérea. Daniel Bessa, aos 24, cruzou para Vinícius Lopes chegar testando. Wilson, entretanto, fez a defesa com a ponta dos dedos. No escanteio, David Duarte subiu mais que todos e desviou para fora.

De tanto pressionar, a virada esmeraldina acabou de fato acontecendo. Aos 35 minutos, bela trama até que Keko cruzou na medida para Ignacio Jara cutucar para dentro. Imediatamente depois, aos 36, Sabino tentou afastar um cruzamento despretensioso vindo do lado direito do ataque goiano e acabou mandando contra o próprio patrimônio, virando o placar em 3 a 2.

Quando tudo indicava a vitória do Goiás, o zagueiro Rafael Vaz colocou a mão na bola após levantamento na área. Ele recebeu o segundo cartão amarelo, indo para o chuveiro um pouco mais cedo. Sabino, aos 50, foi para o pênalti e, com personalidade, deixou tudo igual.

Pela décima rodada, o Coritiba faz o clássico com o Athletico-PR, no sábado às 16h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). No domingo, o Goiás recebe o Internacional, às 18h, na Serrinha, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS 3 x 3 CORITIBA

GOIÁS - Tadeu; Edilson (Pintado), Rafael Vaz, David Duarte e Jeferson; Gilberto Júnior, Breno (Miguel Figueira) e Daniel Bessa (Ignacio Jara); Mike (Victor Andrade), Rafael Moura e Vinícius Lopes (Keko). Técnico: Thiago Larghi.

CORITIBA - Wilson; Jonathan, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Hugo Moura (Luiz Henrique), Matheus Sales (Matheus Galdezani) e Matheus Bueno (Rhodolfo); Igor Jesus, Robson (Giovanni Augusto) e Sassá (Natanael). Técnico: Jorginho Campos.

GOLS - Robson, aos 12, William Matheus, aos 36, e Rafael Moura, aos 44 minutos do primeiro tempo; Ignacio Jara, aos 35, Sabino (contra), aos 37, e Sabino, aos 50 minutos da etapa final.

CARTÕES AMARELOS - Victor Andrade, Edílson, Miguel Figueira e Mike (Goiás); Rafael Vaz, Matheus Bueno e Hugo Moura (Coritiba).

CARTÕES VERMELHOS - Rafael Vaz(Coritiba); Rodolfo Filemon (Coritiba)

ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira (RN).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO).


24 09 2020 regiao crz numero corona24 09 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01