29 01 219 regiao portal transparnciaA Controladoria Geral da União reprovou o Portal da Transparência da Prefeitura de Cruzeiro e outras seis cidades do Vale do Paraíba. A avaliação de Cruzeiro foi apontada como uma das piores do País, de apenas 3,63 na escala de 0 a 10. Foram avaliadas as prefeituras de municípios com mais de 50 mil habitantes.

Dos doze municípios na mira da CGU na região, apenas Lorena (9,51), Taubaté (9,25), Jacareí (8,76), Pindamonhangaba (7,42) Guaratinguetá (6,51) e Caçapava (6,15) foram aprovadas.

O Portal da Transparência surgiu com a implantação da Lei de Responsabilidade Fiscal. Nele, as prefeituras e empresas públicas são obrigadas a publicar receitas e despesas, licitações e contratos com empresas terceirizadas, estrutura administrativa, servidores públicos e acompanhamento de obras públicas, entre outros. O canal na Internet serve para consultas de cidadãos interessados em saber da movimentação financeira do governo municipal.

A avaliação da CGU é chamada de 'Escala Brasil Transparente - Avaliação 360°', que mede a transparência passiva e ativa dos municípios, avaliando a publicação de informações na internet para os cidadãos. O levantamento ocorreu entre julho e novembro de 2018.

Os especialistas da CGU verificam 100 itens relacionados à transparência e fazem consultas aos portais das prefeituras de forma anônima, analisando depois as respostas. No final, as cidades ganham nota de 0 a 10.

Com elogios, A Prefeitura Lorena obteve 9,51 e ocupa a 23ª colocação do ranking nacional, melhor posição entre os municípios do Vale.

A CGU está de olho nos municípios com notas baixas. Entre eles, Cruzeiro. Com apenas 3,63, a cidade ocupa a 617º no plano nacional.


21 09 2020 regiao crz numero corona

21 09 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01