24 01 2019 regiao gmRedução do valor do piso salarial, aumento na jornada semanal de trabalho e redução na PLR (Participação nos Lucros e Resultados). São essas as principais propostas da GM (General Motors) para os trabalhadores d planta industrial em São José dos Campos

Entre as 28 propostas entregues ao Sindicato dos Metalúrgicos para negociação, estão a redução do piso salarial de R$ 2,3 mil para R$ 1,6 mil, a terceirização em toda a fábrica e o aumento da jornada de 40 para 44 horas semanais.

A GM também quer o fim da estabilidade para lesionados, que impactaria diretamente 1,3 mil trabalhadores de São José, e redução de benefícios como adicional noturno e PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

Outras exigências são de implantar o banco de horas (permite pagar hora extra com folgas), encerrar o transporte fretado e adotar medidas aprovadas na Reforma Trabalhista, como a jornada intermitente.

O sindicato classificou s propostas como "carga muito pesada e de sacrifício para os trabalhadores", como avaliou o vice-presidente Renato Almeida.

A GM vincula a aprovação das propostas à possibilidade de chegada de novos investimentos para a fábrica de São José, que corre o risco de ser fechada sem novos projetos. Para Almeida, a negociação será difícil e deve tomar aproximadamente 20 dias.


20 01 2021 regiao crz numero corona20 01 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01