15 01 2019 regiao trem intercidadesO governo João Doria (PSDB) definiu 10 de fevereiro como prazo para a definição do cronograma do projeto do Trem Intercidades.

A obra, que deve ligar o Vale do Paraíba à região de Campinas, passando pela capital, deve ter os estudos iniciados ainda neste primeiro semestre, e a ideia do governo estadual é lançar o chamamento público para avanços no projeto ainda neste ano.

 

Em entrevista o secretário de Transportes, Alexandre Baldy, afirmou que o Estado tem reuniões ainda essa semana para decidir os próximos rumos e colocar o projeto nos trilhos.

"O que ficou combinado entre nós e o ministério [da Infraestrutura, do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL)] é que realizaremos essa reunião para que consigamos até 10 de fevereiro estabelecer um cronograma para o projeto como um todo, com planejamento e obras, para sermos mais objetivos", declarou o secretário de Transportes a OVALE.

O governo do Estado ainda fará uma reunião com o Banco Mundial, para a análise da viabilidade financeira do projeto. Em entrevista anterior, o governador havia dito que empresas estrangeiras já haviam manifestado interesse no projeto do Trem.

Mobilidade

Na semana passada, Doria esteve em Brasília com Bolsonaro (PSL), solicitando apoio para a construção do Trem.

Inicialmente ele teria na RMVale uma parada em Aparecida, para explorar o turismo religioso, mas a expectativa é que haja uma parada também em São José dos Campos.

Para o secretário, a implantação do Trem Intercidades colocará o estado em um nível "vanguardista".

"Nós vemos que a inserção do trem como um meio de transporte para passageiros é algo que colocará São Paulo dentro de uma situação moderna, vanguardista. Vemos isso na Europa, na China, uma série de outros países desenvolvidos", afirmou o secretário de Transportes de São Paulo.

"É fundamental a gente retirar esse projeto do imaginário e dar condição ao usuário para que ele tenha esse meio de transporte que é mais rápido, mais seguro e mais moderno", disse Baldy na entrevista concedida nesta segunda-feira.

Projeto

Vitrine do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), a proposta inicial do Trem Intercidades foi apresentada ainda em 2012.

O custo estimado seria de R$ 5,4 bilhões, sendo que R$ 1,8 bilhão sairiam dos cofres do Estado e o restante por meio de uma PPP (Parceria Público-Privada) feita pelo governo.


23 11 2020 regiao crz numero corona23 11 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01