03 01 2019 sao jose lidera latrociniosSão José dos Campos tornou-se a cidade do interior do estado de São Paulo com maior número de vítimas de latrocínio (roubo seguido de morte) entre janeiro e novembro de 2018, com 11 vítimas.

É mais do que o dobro da segunda e terceira colocadas, respectivamente São José do Rio Preto e Campinas, com cinco vítimas de latrocínio cada uma delas.

São José também lidera entre os municípios do interior que registraram a maior alta nos latrocínios em 2018 na comparação com 2017, considerando o período de 11 meses em cada ano.

Na cidade, as vítimas saltaram de três para 11, um aumento de 266,67%. Mogi Guaçu e Araçatuba são as seguintes, com 100% e 50% de crescimento.

O recorde negativo de São José consolida a posição da RMVale de capital da violência no estado. A região registra o maior número de vítimas de latrocínio no ano passado e o maior percentual de crescimento ante 2017 entre todas as regiões do estado: 24 vítimas --foram 18 em 2017, 33,33% de aumento. Campinas vem em seguida com 20 mortes e 17,65%.

RANKING.

A RMVale tornou-se prioritária para os planos do governador João Doria (PSDB) na área da segurança pública. "O principal problema identificado na região, e que receberá prioridade absoluta em nosso governo, é a segurança pública", disse ele durante a campanha.

Para piorar a situação da região, duas cidades estão entre as 10 com maior número de latrocínios em 2018 no interior do estado. Caraguatatuba e São Sebastião têm duas vítimas cada e ocupam o 9º e 10º lugar do ranking estadual.

Outros seis municípios também estão no ranking, com uma vítima de latrocínio cada entre janeiro e novembro de 2018: Taubaté (13º lugar), Lorena (15º), Ubatuba (21º), Pindamonhangaba (22º), Cruzeiro (23º) e Aparecida (34º).

Para conter crimes, PM deflagra operação 'São Paulo Mais Seguro' em toda a RMVale

A Polícia Militar colocou todo seu efetivo para deflagrar a operação "São Paulo Mais Seguro" na RMVale desde a madrugada desta quarta-feira. O objetivo era combater a criminalidade, em especial crimes contra o patrimônio. A operação, que também ocorreu em todo estado, contou com 100% do efetivo operacional e administrativo, além de viaturas e bases móveis em locais estratégicos. Foi a primeira ação do governo João Doria (PSDB) na segurança. "Para aumentar a segurança durante a ação, o policiamento em terminais de ônibus rodoviários e aeroportos será reforçado. Outra iniciativa empregada será a integração com a comunidade, por meio da Polícia Comunitária", informou a Secretaria de Segurança Pública.


22 11 2020 regiao crz numero corona22 11 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01