06 07 2021 regiao codivap deficit vacinasA Codivap, a Associação de Municípios do Vale do Paraíba, encaminhou um ofício ao Governo de São Paulo no qual pede atenção ao déficit de vacinas nas cidades da região.

De acordo com o levantamento, das 39 cidades, 25 apresentaram números expressivos da demanda. O total chega à falta de 101.814 doses.

Segundo a Codivap, os números levam em consideração somente doses que faltam para atingir 100% da imunização em públicos já convocados na campanha. Os dados abrangem a defasagem registrada até a sexta-feira (02/07).

"Cabe mais esta vez ressaltar que a insuficiência do número de doses necessárias para cobertura total do público alvo provoca uma situação de muita revolta e insatisfação nas pessoas não vacinadas, indignação na população local e pressão da imprensa gerando um cenário de tensão e desgaste para os gestores municipais", diz trecho do documento assinado pelo presidente da Codivap, Izaias Santana (PSDB), que segue:

"Posto isso, solicitamos análise e atenção dos senhores a planilha anexa em que fora detalhado pela equipe da Codivap os dados enviados pelos municípios, discriminando as necessidades por públicos e faixas etárias previamente definidos, reforçando assim o envio urgente destas doses para que o caos não se estabeleça e os municípios possam continuar vacinando, prosseguindo com a campanha e garantindo a cobertura e imunização da população adulta do Vale do Paraíba".

Entre os fatores que influenciam no cálculo para recebimento das doses, a Codivap lista: crescimento populacional natural, alta procura pelas vacinas e aumento de moradores em cidades da serra e do litoral, que trocaram grandes centros pelo interior na pandemia.

Segundo a Codivap, um reflexo da defasagem pode ser observado na diferença das faixas etárias de imunização, já que algumas cidades já imunizam a faixa etária de até 36 anos e outros de 40 anos.

O QUE DIZEM ESTADO E MINISTÉRIO DA SAÚDE

O Estado informou que uma nova remessa foi com mais de 111 mil doses das vacinas contra Covid foram disponibilizadas aos grupos de vigilância epidemiológica na região do Vale do Paraíba e do Litoral Norte.

Segundo o Governo de SP, já foram entregues 1,6 milhão de doses aos 39 municípios da região e constam na plataforma VaciVida cerca de 1,4 milhão de doses registrados. A gestão informou que os municípios precisam continuar aplicando e registrando as doses no sistema.

O Estado também informou que disponibiliza as doses na medida que o Governo Federal encaminha elas.

Procurado, o Ministério da Saúde enviou uma nota na qual diz que "não mede esforços para acelerar a campanha de vacinação contra a Covid-19 em todo o país" e que é "importante ressaltar que a recomendação da pasta é para que estados e municípios sigam à risca a estratégia de vacinação definida nas reuniões".


20 07 2021 regiao crz corona faixa etaria20 07 2021 regiao crz numero corona20 07 2021 regiao crz vacinometro

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01