02 01 2021 regiao sjc felicio cumpriuO prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSDB), encerrou seu primeiro mandato na última quinta-feira (31/12) com dois terços do plano de governo cumprido.

Depois de 48 meses, o tucano cumpriu integralmente 45 dos 67 principais compromissos feitos por ele na campanha de 2016, o que representa 67,1% do total. Outras 18 promessas (26,8%) estavam em andamento ao fim do mandato, enquanto quatro compromissos (5,9%) ou estavam na estaca zero ou ainda estavam em estágio embrionário.

Das sete áreas em que estavam divididas as promessas, em duas o prefeito joseense não conseguiu cumprir nem metade dos compromissos feitos em 2016. O pior resultado está na Mobilidade Urbana. Dos 11 compromissos, apenas quatro foram cumpridos integralmente, quatro ainda estavam em andamento ao fim do mandato e três ficaram na estaca zero.

Uma promessa abandonada, por exemplo, previa a implantação de um BRT (Transporte Rápido por Ônibus) integrado com um VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). Nem um nem outro saíram do papel: a aposta agora é no VLP (Veículo Leve sobre Pneus), com o projeto da Linha Verde, que tem previsão de ser concluído no fim de 2021. Outros dois compromissos não cumpridos são relacionados às bicicletas: implantar o transporte das bikes nos ônibus e criar estações de bicicletas integradas ao transporte público.

Entre as promessas cumpridas nessa área, uma delas era “melhorar o fluxo na rotatória do Colinas”, o que foi alcançado com a obra do Arco da Inovação, liberada para tráfego em abril de 2020. No entanto, uma perícia judicial, realizada em um processo movido pela Defensoria Pública e pelo Ministério Público, apontou que a obra, que custou R$ 60,9 milhões, já em 2025 não será mais capaz de desafogar o trânsito no local.

Na Habitação, das sete promessas, três foram cumpridas integralmente – como, por exemplo, a criação do programa Casa Joseense. Outros três compromissos estavam em andamento ao fim do mandato. Um deles, de realocar famílias que moram em áreas de risco, teve como principal entrave a comunidade do Banhado (a remoção é discutida judicialmente). Já a promessa de fazer a urbanização dos bairros utilizando mão de obra local ficou em estágio embrionário.

Na Segurança, das oito promessas, cinco foram cumpridas integralmente, mas três ainda estavam em andamento ao fim do mandato – duas delas relacionadas ao novo COI (Centro de Operações Integradas), cuja implantação atrasou e só deve ser concluída em 2021.

Saúde é a área em que Felicio cumpriu mais promessas no primeiro mandato

Nas outras áreas, o melhor resultado do governo Felicio nesse primeiro mandato foi na Saúde – das 15 promessas, 13 foram integralmente cumpridas, como a criação do programa UBS Resolve; já a criação de um Hospital da Mulher não se concretizou. Na Educação, de 11 compromissos, oito foram cumpridos. Em Emprego, de seis compromissos, cinco foram cumpridos integralmente. Em Esportes, de nove promessas, sete foram concretizadas e outras duas estavam em andamento ao fim do mandato.

Com balanço paralelo, Felicio diz que cumpriu 95% das promessas

Questionado sobre os dados, Felicio apresentou um balanço paralelo, conferindo status diferentes daqueles apontados pelo jornal às propostas feitas na campanha de 2016.

Na lista do prefeito de São José dos Campos, por exemplo, são 64 promessas integralmente cumpridas (95,5%), duas em andamento (2,9%) e apenas uma não iniciada (1,49%).

O balanço de Felicio, no entanto, cita como cumpridas promessas relacionadas a obras e projetos que ainda não foram concluídos. Um dos exemplos é a ampliação do número de câmeras do COI (Centro de Operações Integradas), que o tucano classifica como ‘sinal verde’. Embora o contrato tenha sido assinado no fim de 2019, a conclusão da instalação dos equipamentos atrasou e só deve ocorrer em 2021.

O balanço do governo tucano também classifica com ‘sinal verde’ a promessa de implantar um BRT (Transporte Rápido por Ônibus) integrado com o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). Para a gestão Felicio, o projeto do VLP (Veículo Leve sobre Pneus), que ainda está em execução, representa a concretização do compromisso. Para o jornal, no entanto, como a promessa original não foi cumprida, esse item segue com ‘sinal vermelho’.

O governo tucano também classifica como ‘sinal verde’ a promessa de concluir a Arena de Esportes, mas embora a gestão Felicio tenha programado uma entrega simbólica da obra no fim de dezembro, os trabalhos só serão finalizados em fevereiro de 2021.

A administração tucana também alega ter cumprido a promessa de construir uma creche na região sudeste da cidade, mas a única obra concluída na região durante o primeiro mandato de Felicio, a da unidade do Pinheirinho dos Palmares, foi iniciada ainda no governo Carlinhos Almeida (PT).

Outra promessa considerada cumprida pelo governo tucano é a de zerar a fila de espera por creches. No entanto, isso foi anunciado pela gestão Felicio apenas em agosto de 2020, em plena pandemia, com as atividades nas escolas de ensino infantil suspensas e com novas matrículas suspensas desde março.

O governo tucano também classifica como ‘sinal verde’ a promessa de tornar o prazo para abertura de novas empresas em São José o menor do Brasil, mas não existe nenhum levantamento que comprove isso.

A gestão Felicio reconhece como ‘sinal amarelo’ o status de apenas duas propostas: implantar estações de bicicletas integradas com o transporte público e ampliar a oferta de vans nos bairros. E como ‘sinal vermelho’, uma: implantar o transporte de bicicletas nos ônibus.


28 02 2021 regiao crz numero corona28 02 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01