24 12 2020 regiao caragua ss fase vermelhaAs prefeituras de Caraguatatuba e São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, descartaram endurecer a quarentena e vão manter as flexibilizações atuais, o que contraria determinação do governo paulista para que somente serviços essenciais funcionem nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1, 2 e 3 de janeiro.

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto (PSDB), afirmou que a cidade vai continuar seguindo as regras da fase amarela do Plano São Paulo, o que permite o funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes.

"Não podemos penalizar comerciantes e empresários, que prepararam seus estoques, contrataram gente e é um momento de recuperação econômica. Tem que haver equilíbrio, tanto na defesa da saúde quanto na defesa da economia", afirmou.

O prefeito afirma que a decisão é amparada em análises da evolução da pandemia na cidade.

"Temos a segurança dos números. Todas nossas equipes médicas tanto da região sul quanto da região central tem feito avaliações e diagnósticos constantes. Temos um alto índice de recuperação, cerca de 92% das pessoas estão sendo recuperadas e a cidade está em segurança. Temos neste momento duas pessoas entubadas e temos vagas nos hospitais, o que nos faz crer que esse número nos coloca em condição de segurança, mantendo sim a flexibilização e abertura dos comércios em um momento tão crítico da nossa economia".

Felipe Augusto destacou ainda que todos os protocolos sanitários para evitar o contágio seguirão sendo adotados.

"Temos medidas que serão tomadas como sempre fizemos, como as barreiras sanitárias, que começam no sábado. Festas em local público estão proibidas, não haverá queima de fogos e casas noturnas estão todas fechadas. E temos ações de testagens de forma continuada", destacou.

Já em Caraguatatuba, a prefeitura publicou um decreto em que restringe a flexibilização somente na virada do ano. As atividades não essenciais não poderão funcionar entre 20h do dia 31 de dezembro e 12h de 1°de janeiro. Nos demais dias, o funcionamento das atividades comerciais segue com a flexibilização atual.

"Nosso objetivo é evitar aglomeração. A maior aglomeração que temos é na virada do Ano Novo, que é o maior número de pessoas na cidade. Lembrando que todas ações tomadas em Caraguatatuba são seguindo protocolos sanitários, ouvindo nosso sistema de saúde e dialogando com os comerciantes que estão esperando essa data. Infelizmente veio esse anúncio do governo do Estado na véspera do Natal, deveria ter vindo antes", afirmou o prefeito Aguilar Junior (MDB).

A Prefeitura de Ilhabela informou que vai seguir a determinação do governo estadual.

Já a administração em Ubatuba disse que aguarda a publicação do decreto que oficializa as medidas da fase vermelha nas datas pontuais para analisar possíveis mudanças.

Procurada a Secretaria de Desenvolvimento Regional informou que "dialoga com os prefeitos para bom entendimento das ações de combate ao coronavírus e cumprimento do Plano São Paulo".

"Os decretos e ações dos municípios precisam observar a classificação dada pelo Plano SP, que foi baseada no panorama de evolução da doença e na capacidade hospitalar dos Departamentos Regionais de Saúde (DRS). O Plano SP estabelece regra comum para os 645 municípios, com base em critérios científicos e de saúde", informou em nota.

Litoral Sul

Além de Caraguatatuba e São Sebastião, os nove prefeitos da Baixada Santista anunciaram que irão manter a região na fase amarela do Plano São Paulo.

Os prefeitos também anunciaram que as praias serão fechadas nos dias 31 de dezembro e 1 de janeiro e que aguardam um apoio do Governo de SP para implantar as novas medidas de restrição na região.


04 03 2021 regiao crz vacinometro04 03 2021 regiao crz numero corona04 03 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01