13 12 2020 regiao ilhabela barreira sanitariaA Prefeitura de Ilhabela instalou uma barreira sanitária para a travessia na balsa. De acordo com a gestão, todos os passageiros vão ter a temperatura aferida antes de entrar e a lotação também foi reduzida para manter o distanciamento dentro do transporte.

As medidas passam a valer a partir de sábado (12/12).

De acordo com a prefeitura, as novas regras foram tomadas por causa da alta de casos e da chegada da temporada, com aumento no volume de turistas. A cidade registrou até sexta-feira (11/12) mais de 2,6 mil casos confirmados da doença e 14 óbitos. A secretaria de saúde informou que a alta da última semana, com 224 confirmados, é a maior desde julho quando a cidade registrou a máxima histórica durante a pandemia.

As novas medidas na travessia começam a valer a partir das 6h. A gestão informou que equipes vão estar no acesso para a medição de temperatura e organização do fluxo de turistas para manter a lotação máxima. Além disso, vão ser feitas fiscalizações nos coletivos da cidade.

Apesar dos protocolos, a gestão informou que descarta a possibilidade de fechamento da balsa. O acesso ao arquipélago ficou restrito de março a julho deste ano. A medida gerou polêmica e donos de imóveis de temporada na cidade chegaram a acionar a justiça com pedido de liminar para acessar a ilha.

Novo decreto

Apesar das medidas e da atualização com maiores restrições na fase amarela divulgada pelo governo estadual, a prefeitura da cidade manteve o horário expandido dos estabelecimentos comerciais.

Na sexta-feira (11/12) a gestão publicou um decreto mantendo bares e restaurantes abertos até às 0h, encerrando o serviço de delivery também nesse horário. Casamentos e eventos como feiras culturais também vão poder acontecer, mas com limite de pessoas. As feiras vão precisar de agendamento prévio para serem realizadas.

Hospital de campanha

A Prefeitura de Ilhabela começou a montar na quinta-feira (10/12) a estrutura de um hospital de campanha. Segundo a prefeitura, o novo local deve reforçar o atendimento hospitalar e receber pacientes sem sintomas de Covid-19.

Com isso, a estrutura permite que a prefeitura reforce o atendimento para casos de coronavírus no Hospital Mário Covas, que tem leitos reservados para o tratamento. O hospital de campanha está sendo montado em uma área anexa ao hospital.

A previsão é de que a estrutura fique pronta em até dez dias com capacidade total de 46 leitos.


28 02 2021 regiao crz numero corona28 02 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01