14 03 2019 regiao embraerA Embraer registrou um prejuízo líquido atribuído aos acionistas de R$ 78,1 milhões no quarto trimestre, ante um lucro de R$ 132 milhões no mesmo período do ano passado, informou a fabricante brasileira de aeronaves nesta quinta-feira (14). O prejuízo, entretanto, foi menor que o registrado no 3º trimestre (R$ 83,8 milhões).

No ano de 2018, a companhia acumulou prejuízo R$ 669 milhões, após ter registrado um lucro de R$ 850,7 milhões em 2017.

Já o prejuízo líquido ajustado (excluindo-se impostos diferidos e itens especiais) foi de R$ 29,4 milhões no 4º trimestre e de R$ 224,3 milhões no ano.

Segundo a empresa, o resultado no ano passado foi impactado principalmente "por menores resultados operacionais, além de maiores despesas financeiras líquidas".

A receita líquida atingiu R$ 6,3 bilhões no 4º trimestre, alta de 13% na comparação com os 3 meses anteriores. No ano, somou R$ 18,7 bilhões no ano, mostrando estabilidade frente a 2017.

A Embraer informou que no 4º trimestre entregou 33 aeronaves comerciais e 36 executivas (24 jatos leves e 12 grandes) e que, no ano de 2018, foram 90 aeronaves comerciais e 91 executivas (64 jatos leves e 27 grandes);

A carteira de pedidos firmes a entregar da companhia fechou 2018 em US$ 16,3 bilhões.

Receita por segmento

As receitas da divisão de aviação comercial representaram 46,5% do total da companhia no consolidado de 2018 (R$ 8,7 bilhões).

As receitas da aviação executiva corresponderam a 22,3%. Já o faturamento dos segmentos de defesa & segurança e serviços & suporte representaram, respectivamente, 11,7%, e 19,1% do total.

No 4º trimestre, o segmento de aviação comercial representou 50,3% da receita consolidada, ante 38,1% no último trimestre de 2017, já que as entregas desse segmento aumentaram de 23 para 33 jatos na comparação entre os trimestres.

Venda de divisão para a Boeing

No final de fevereiro, os acionistas da Embraer aprovaram o acordo sobre a venda da divisão comercial da empresa para a Boeing. Pelo acordo, a Boeing deverá pagar US$ 4,2 bilhões por 80% da nova companhia. A Embraer ficará com os 20% restantes.

Os negócios de defesa e jatos executivos e as operações de serviços da Embraer associados a esses produtos permanecerão como uma empresa independente e de capital aberto.


17 06 2021 regiao crz numero corona17 06 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01