11 032019 regiao mutirao saudeSelecionadas pela Secretaria de Saúde do Estado, clínicas, institutos e hospitais do Vale do Paraíba aguardam “sinal verde” para iniciar os exames de mamografia, ultrassonografia e de endoscopia. Lançado pelo governador João Dória, o chamado Corujão da Saúde estava previsto para o dia 25 de fevereiro.

O atraso foi motivado pelo credenciamento das empresas.

Em Cruzeiro, o Instituto Santa Rosa e a ALUS Medicina Diagnóstica, foram incluídas na relação de oito entidades do Vale do Paraíba habilitadas pelo governo do Estado. A demanda de exames acumula 31.478 procedimentos no Vale. A área de abrangência da ALUS e do Instituto Santa Rosa envolverá a maioria das cidades do Médio e do Vale Histórico. Indagada sobre a previsão do início dos exames, a direção da ALUS informou que aguarda orientações do governo.

O programa é cópia do mesmo lançado pelo governador João Dória quando prefeito de São Paulo. Segundo os dados da época, as filas de espera foram zeradas na capital.

Na região, foram habilitadas a Clínica Radiológica Dr. Rene Moura e Pró-Imagem Exames Complementares, de Taubaté; Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São José dos Campos; WK Diagnose e Clínica Pró-Saúde, de Campos do Jordão; Clínica Santa Rosa, de Lorena; a LNA CRZ Diagnósticos Médicos e Instituto Santa Rosa, de Cruzeiro.

“O Corujão da Saúde é o atendimento feito no horário noturno, depois das 18h. Os exames de imagem levam menos de 15 minutos, mas salvam vidas, porque os médicos podem proceder ao diagnóstico e o paciente pode realizar tratamento. Então, é um salto extraordinário na velocidade do atendimento público”, disse Doria ao anunciar as unidades da região.

■ Instituto Santa Rosa, n Rua 9

■ ALUS, na Rua Major Hermógenes, perto da Igreja Matriz    


13 05 2021 regiao crz vacinometro13 05 2021 regiao crz corona faixa etaria

13 05 2021 regiao crz numero corona

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01