20 06 2019 brasil assembleia plano saudeUm projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa (Ales) dispõe sobre a proibição de delimitação de formas e tipos de tratamento e de procedimentos médicos a serem cobertos em contratos de plano de saúde.

Segundo o PL 280/2019, de autoria do deputado Carlos Von (Avante), as prestadoras de serviços privados de assistência à saúde não poderão incluir cláusula contratual que restrinja a abrangência de cobertura sobre eventuais procedimentos, materiais e ações médicas necessários à manutenção, recuperação e reabilitação da saúde do consumidor.

Além disso, a cobertura contratual de qualquer tipo de plano de saúde prevista na Resolução Normativa 428/17 da Agência Nacional de Saúde (ANS) e acordada entre as prestadoras de assistência privada à saúde e os consumidores não se limitará às hipóteses de procedimentos previstos no referido ato normativo.

Na justificativa, o deputado Carlos Von afirma que a matéria pretende inibir eventuais restrições praticadas pelos planos de saúde referentes às formas de procedimentos médicos necessários. Para tanto, o PL regula o tratamento da saúde dos segurados cujas indicações e prescrições médicas venham posteriormente ao acordo formulado e durante a execução do contrato.

“As operadoras não podem negar a realização de alguns tipos de exames e procedimentos médicos, em caso de confirmação de doenças de alto risco à saúde, só por eles terem valores mais elevados. Mesmo se forem doenças que apareceram depois e não estavam ressalvadas no contrato”, explica.

O projeto de lei foi lido em plenário e encaminhado às comissões de Justiça, Defesa do Consumidor, Saúde e Finanças.


13 04 2021 regiao crz vacinometro13 04 2021 regiao crz numero corona13 04 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01