08 12 2020 brasil maia concorda mouraoO presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na segunda-feira (07/12) que concorda com a avaliação do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) de que a instalação da tecnologia 5G no País vai custar mais caro se a chinesa Huawei não puder fornecer equipamentos.

"Hoje, 40% da infraestrutura que nós temos de 3G e 4G é da Huawei. Se a Huawei não puder fornecer o equipamento (de 5G), vai custar muito mais caro", afirmou, mais cedo, o vice-presidente durante palestra comemorativa aos 126 anos da Associação Comercial de São Paulo. "Se desmantelar equipamentos (do 5G), quem vai pagar a conta somos nós, consumidores", completou.

Apesar da fala do vice-presidente, o leilão do 5G no Brasil é alvo de pressões internacionais, envolvendo a disputa entre o governo americano e a empresa chinesa Huawei. A organização é líder no desenvolvimento do 5G, mas é acusada de fazer espionagem e trabalhar com o governo chinês.

O governo de Jair Bolsonaro procura alternativas, dentro da lei, para limitar a participação da Huawei na implementação das redes do 5G no País. A ideia seria estabelecer uma barreira com base em requisitos técnicos ou de segurança, sem citar o nome da Huawei, mas que, na prática, impeçam a empresa de participar do mercado 5G.


03 03 2021 regiao crz numero corona03 03 2021 regiao crz numero corona

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01