05 09 2020 brasil 80 recuperadosMinistro da Saúde destaca também o trabalho dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente e a importância do grande alcance do SUS.

Diante das medidas de enfrentamento à covid-19 adotadas pelo Governo Federal, o Brasil alcançou o índice de mais 80% de pessoas recuperadas da doença. Os dados refletem as orientações do Ministério da Saúde de procurar atendimento logo nos primeiros sintomas da doença, reforçando a importância do tratamento precoce. Atualmente, o Brasil é o primeiro país em número de recuperados em todo o mundo, seguido da Índia, dos Estados Unidos e da Rússia.

A pasta vem realizando ações para ampliar o diagnóstico da covid-19, com protocolos para exames clínicos, radiológicos, além da ampliação da capacidade laboratorial. Com isso, mais pessoas são diagnosticadas rapidamente e atendidas, o que favorece a adoção de medidas de isolamento de casos e o monitoramento de contatos, possibilitando a redução de novas infecções, casos graves e óbitos.

Para o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, o percentual de recuperados da covid-19 mostra que o Brasil está vencendo a doença. “O atendimento médico precoce está salvando vidas, aumentando as chances de recuperação e diminuindo a ocorrência de casos graves e, consequentemente, o número de internações e de óbitos pela doença”. 

Pazuello destaca também o trabalho dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente e a importância do grande alcance do SUS. “O Brasil atingiu mais de 80% de pessoas recuperadas graças à capilaridade do Sistema Único de Saúde e do trabalho de todos os profissionais que salvam vidas diariamente”.

Para manter o alto índice de recuperados, o ministro reforça a importância do atendimento precoce e orienta que as pessoas procurem assistência médica imediatamente caso tenham febre a partir de 37,8º, dor de cabeça, cansaço ou perda de olfato e de paladar. “A procura pelas unidades de saúde deve ocorrer assim que surgirem os primeiros sintomas, mesmo que sejam leves”, lembra. Ao longo da pandemia, evidências médicas demonstraram que a demora pela busca de atendimento pode agravar os casos, que dificulta a reversão do estado clínico do paciente.

A atualização do cenário epidemiológico da doença, nesta quarta-feira (2/9), mostrou que o Brasil apresentou queda de 11% na média de óbitos por covid-19. 

Números de recuperados

O número de casos recuperados no Brasil é estimado por um cálculo que leva em consideração os registros de casos e óbitos confirmados para covid-19, reportados pelas secretarias estaduais de saúde, e o número de pacientes hospitalizados registrados no Sistema de Vigilância Epidemiológica da Gripe.


23 09 2020 regiao crz numero corona

23 09 2020 regiao crz corona faixa etaria

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01