col victor franqueira 01 02 2021 palmeiras merecidamente campeao libertadoresColaram muita expectativa para essa final entre Palmeiras e Santos na Libertadores, mas em termos de bom futebol o jogo inteiro foi pífio. Talvez tenha sido a pior final de Libertadores da história. Mas é aquilo que dizem: final não se joga, se ganha, e o Palmeiras foi eficiente, e conquistou o bicampeonato da Glória Eterna.

As estatísticas apontavam o Santos com maior posse de bola, 59% contra 41% por parte do Palmeiras.  O restante das estatísticas apontavam o quão foi medíocre o jogo, foram somente 14 chutes (8 por parte do Palmeiras, 6 por parte do Santos), destes somente três foram a gol (2 por parte do Santos e um por parte do Palmeiras), além das 35 faltas (18 por parte do Palmeiras, 17 por parte do Santos).

O Peixe tentava propor mais o jogo, mas parava na boa marcação do time alviverde. Destacar que as peças individuais do Santos estavam num péssimo dia, principalmente se tratando de Marinho (escolhido Rei da América) e Soteldo, que erraram tudo que tentaram.

O Palmeiras apostava mais nos contra-ataques, com Rony, e com Luiz Adriano, com sua facilidade em segurar a bola, e girar para cima dos zagueiros, mas mesmo assim o time comandado por Abel Ferreira também não criava chances claras.

O segundo tempo continuava da mesma forma, até os acréscimos, onde teve aquela confusão entre Cuca e Marcos Rocha, que poderia ter sido evitada pelo treinador santista, mas achei a expulsão um grande exagero.

Também achei que toda aquela confusão, deixou o time do Santos desconcentrado, tanto que logo após isso, saiu o gol do Palmeiras.

O gol do título saiu de um cruzamento daquele que era bastante criticado pela torcida do time decacampeão brasileiro, e com razão, mas a chegada do técnico Abel Ferreira fez Rony voltar a jogar seu bom futebol, e o fez ser um dos protagonistas desse título do Palmeiras. Foi a 8ª assistência dele na Libertadores e a 13ª participação direta em gols. Não seria nenhum absurdo se ele fosse escolhido o Rei da América.

Breno Lopes passou de destaque do Juventude na Série B do Campeonato Brasileiro, para marcar o gol do bicampeonato da Libertadores de um dos maiores times do Brasil, e do mundo. Um achado.

O alviverde imponente é merecidamente campeão da Libertadores. Teve a melhor campanha durante toda a competição, com somente uma derrota. Teve o melhor ataque (33 gols), e a melhor defesa (somente 6 gols tomados). Agora é hora de tentar o tão sonhado título mundial, para acabar a provocação dos rivais.

O Santos foi gigante nessa Libertadores. Um time que vive problemas políticos e financeiros, com a chegada do técnico Cuca, que faz um grande trabalho, foi finalista dessa edição da Glória Eterna, mas agora terá que remar no Brasileirão para conseguir uma vaga para a próxima edição da Libertadores.


17 06 2021 regiao crz numero corona17 06 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01