col victor franqueira 06 01 2021 gigante vitoria palmeirasEu diria que o Palmeiras está com um pé e meio na final da Libertadores no Maracanã, foi uma partida histórica do time alviverde.

O técnico Abel Ferreira entrou com uma escalação de acordo com a proposta que o Palmeiras executou o jogo todo, e ainda o técnico na coletiva pós-jogo definiu a vitória do Palmeiras com uma palavra: mentalidade. E foi isso mesmo, o time alviverde conseguiu desmontar completamente o psicológico do River Plate no jogo, e olha que a questão psicológica é uma das principais armas de times argentinos se tratando de Libertadores.

Os primeiros minutos de jogo não foram fáceis para o Palmeiras, começou com o Weverton fazendo milagre, e ainda a equipe comandada por Marcelo Gallardo estava usando muito o jogo pelos lados do ataque, principalmente pelo lado esquerdo em cima de Marcos Rocha.                                                

Veio a falha do goleiro Armani, e saiu o gol do Rony, mas para quem gosta de brincar, pode chamar de “Rony rústico”.

Quem diria, o Rony que o torcedor do Palmeiras não queria ver de jeito nenhum em campo, e com razão porque ele estava jogando mal, agora tem até chances de se tornar rei da América caso o time decacampeão brasileiro se consagre bicampeão da Libertadores. Ele é simplesmente o artilheiro do Palmeiras na Libertadores.

Após o gol, passou a ser um jogo completamente dominado pelo Palmeiras, de muita marcação, e de boas construções de contra-ataque, principalmente no segundo tempo.

Muita gente tinha falado que foi uma ousadia de Abel Ferreira em colocar os garotos que vieram da base do Palmeiras no meio de campo para disputar o jogo contra o River Plate na casa do time argentino, eu penso totalmente o contrário, esses garotos da base do Palmeiras já vinham jogando bem faz um bom tempo, para mim são os protagonistas até aqui dessa temporada do Palmeiras, porque seria uma ousadia? E eles jogaram muito, principalmente o Gabriel Menino, que teve a função de auxiliar o Marcos Rocha, e participou bem de momentos ofensivos. Patrick de Paula e Danilo também dispensam comentários. Os três dominaram o meio de campo.

Para quem me acompanha o meu canal no YouTube, sabe que em vários programas, vídeos, eu tinha falado que o William merecia uma sequência de falso 9 no Palmeiras, que o Luiz Adriano não me convencia como centroavante. Hoje eu me arrependo dessa declaração, e o Luiz Adriano me convenceu, o segundo gol do Palmeiras que ele fez, foi gol de craque, de mobilidade, partiu do meio de campo, e finalizou perfeitamente.

Matias Viña, outro que jogou muito, fez o terceiro gol, em uma cabeçada na cobrança de falta.

O Palmeiras nesse jogo teve tática, psicológico, e também sorte. Seria sorte de campeão?

Repetindo, pelo placar construído, na minha opinião o time alviverde está com um pé e meio na final da Libertadores, mas não se pode vacilar no jogo de volta, sabemos da capacidade do River Plate.


17 06 2021 regiao crz numero corona17 06 2021 regiao crz corona faixa etaria

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01