col victor franqueira 18 12 2020 sao paulo atletico mg 01Depois da derrota no clássico contra o Corinthians, o São Paulo no jogo contra o Atlético-MG não sentiu a derrota, pelo contrário, foi lá e bateu o adversário por 3 x 0. Uma grande vitória do Tricolor Paulista que abriu sete pontos na liderança.

No geral, achei um jogo chato, mas para o São Paulo, foi uma partida consistente, com o time do Morumbi tomando as ações do jogo no primeiro tempo, tentando levar mais perigo ao gol de Éverson.

O time mineiro com seus problemas defensivos de sempre, em uma marcação completamente frouxa, deu espaço para o primeiro gol do São Paulo, Daniel Alves teve espaço para conduzir a bola, que achou Igor Gomes, que achou Tchê Tchê, fez o passe para Igor Gomes novamente, que abriu espaço na defesa nada confiável do time visitante para fazer o gol. Gol muito bem trabalhado pelo time líder do Brasileirão, com o DNA Fernando Diniz.

Tchê Tchê, que não vinha fazendo boas partidas, nessa partida, jogou muito, foi essencial para o primeiro gol do São Paulo.

Após o gol, os mandantes passaram a fazer uma partida com bastante consistência defensiva, principalmente no segundo tempo, o Atlético-MG tentava atacar mais, mas sem muita efetividade.

O Galo poderia ter se aproveitado mais do duelo entre Keno e Juanfran, mas o lateral-direito do São Paulo estava muito bem defensivamente.

O jogador Allan, do Galo, foi bem expulso pelo árbitro, assim o São Paulo aproveitou para matar o jogo. Os jogadores do Tricolor Paulista aproveitaram para rodar a bola, com os jogadores ocupando espaços, e assim Vitor Bueno, outro bastante criticado pela torcida do São Paulo, cruzou bem, e Gabriel Sara dentro da área fez o gol.  Esse garoto vem evoluindo muito, não só ele, mas como toda a base do time do São Paulo que vem resolvendo. Toró fez o 3 x 0, e fechou o caixão do Galo.

Vitória merecida do São Paulo, que abre uma boa vantagem na liderança, mas que pode diminuir dependendo do resultado do jogo do Flamengo no domingo. O time comando por Fernando Diniz fez uma partida consistente tanto ofensiva, quanto defensivamente, fez uma marcação bastante segura neste jogo.  Vale estacar que os mandantes não sentiram a ausência de Luciano.

O Atlético-MG tinha a oportunidade de vencer o jogo e diminuir a diferença para um ponto, e perdeu, não criou uma chance clara que pudesse ameaçar o São Paulo, e a defesa estava uma peneira como na maioria das vezes.  Jogadores como Keno e Guilherme Arana, estavam abaixo nesse jogo, o único que tentava alguma coisa certa era o Eduardo Vargas. Se as coisas continuarem assim, será mais um ano sem título brasileiro para o Galo.      

col victor franqueira 18 12 2020 sao paulo atletico mg                                                                                                                                       


03 03 2021 regiao crz numero corona03 03 2021 regiao crz numero corona

villa tita

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01