bn camara 05 2020

06 12 2019 policia pf fraude inssUma operação da Polícia Federal prendeu dois homens e cumpriu seis mandados de busca e apreensão na quinta-feira (05/12) após uma investigação que apura fraude de R$ 3 milhões no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em São José dos Campos (SP).

De acordo com a PF, uma quadrilha, com a ajuda de um funcionário do INSS, criava benefícios falsos como auxílios doença e aposentadorias. Os envolvidos no esquema sacavam o dinheiro desses benefícios e repartiam entre o grupo criminoso.

A investigação também apontou a criação de benefícios fraudulentos para pessoas que não teriam direito aos benefícios. O funcionário da agência do INSS seria responsável por criar falsos vínculos empregatícios em carteiras de trabalho e registrava nos sistemas do órgão da previdência.

Os dois homens presos por meio de prisão preventiva são o funcionário da agência suspeito de integrar o esquema criminoso e um advogado especializado em atendimento previdenciário.

A operação desta quinta é um desdobramento de outra operação realizada em agosto, quando três foram presos suspeitos de fraudar benefícios do INSS.

A força tarefa do Ministério da Economia, que investiga este tipo de fraude, foi procurada, mas não respondeu até a publicação da reportagem.


an pref 07 05 2020

impacto 94 completo Página 8

an luiz octavio