bn cmc 26 08 2019        an luiz octavio        bn pref crz setembro 2019

 

04 09 2019 policia familia morta vila biondi 01Inconformado com o processo de divórcio, o metalúrgico Antônio Henrique, de 30 anos, provocou a morte da ex-esposa Ingrid, de 29 anos, e da filha de 10 anos na noite de terça-feira (03/09), na Vila Biondi, em Cruzeiro. Os três morreram asfixiados, segundo as primeiras informações da Polícia Civil.

Segundo amigos e familiares, o homem demonstrava não aceitar a separação da esposa. Por volta das 22 horas, ele teria trancado Ingrid e a filha num quarto da casa depois de acender fogueira com carvão e pedaços de pneu. Constatada a morte das duas, Antônio teria se trancado no mesmo quarto. Essas versões ainda são investigadas pela equipe do delegado Sandro Henrique, da Delegacia de Investigações Gerais. Antônio Henrique trabalhava no setor de manutenção elétrica da Amsted.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos quando perceberam fumaça na residência. Ingrid teria reagido sem êxito, indicam as primeiras avaliações do cadáver com base em hematomas.

O caso foi registrado na Civil como homicídio seguido de suicídio.

Nota Oficial da PM

As 22:30 após uma solicitação via 190 onde familiares preocupados com os moradores da residência que não atendiam telefone e campainha.

Um familiar pulou o muro e conseguiu entrar na residência e ter acesso as chaves para abertura do portão e vistoria interna, onde deparamos com um quarto trancado e forte cheiro de queimado vindo do interior, após arrombamento da referida porta foi encontrado sobre a cama de casal o marido e esposa e no chão deitada ao lado da cama uma criança de 10 anos, filha do casal, todos em óbito. No chão uma assadeira de bolo com carvão de churrasco que produziu fumaça suficiente para asfixiar todos ali presente.

Em contato com a família, aparentemente crime passional consumado pelo marido

04 09 2019 policia familia morta vila biondi


an byomed

an pao quente 02