bn camara 05 2020

27 04 2020 mundo china nova regra exportacoesA China ofereceu uma nova rota para que produtores de equipamentos médicos obtenham aprovações para exportar, um movimento que pode ajudar a reduzir os atrasos no envio de máscaras, kits de testagem e outros equipamentos essenciais na luta contra o coronavírus para os Estados Unidos e para outros países.

Produtores chineses que tenham cumprido os padrões nacionais exigidos pelos países compradores podem solicitar uma aprovação da exportação através de uma associação industrial, segundo autoridades da China. Isso permitiria que fabricantes escapassem de uma norma anterior que requeria que exportadores obtivessem uma certificação dos órgãos reguladores chineses.

Essa política, introduzida em 31 de março para aumentar o controle de qualidade de bens médicos que a China exporta, levou a um gargalo significativo nos envios de itens como máscaras, ventiladores, vestimentas cirúrgicas e reagentes para testes, essenciais para trabalhadores da saúde em todo o mundo em meio à pandemia da covid-19.

A nova regra, anunciada neste domingo, vem após reclamações dos Estados Unidos e de outros compradores internacionais de que a China estaria segurando itens médicos importantes. O país é um dos maiores produtores desse tipo de equipamento no mundo.


an pref 07 05 2020

impacto 94 completo Página 8

an luiz octavio