09 09 2019 mundo franca rejeitaO ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian, rejeitou no domingo, 08/09, qualquer novo adiamento do Brexit nas circunstâncias atuais. "No atual estado de coisas, é 'não'", disse ele em um programa da Europe1/CNEWS/Les Echos.

"Não vamos voltar a adiar a cada três meses" para discutir um adiamento do Brexit, acrescentou. "Eles (os britânicos) dizem que querem propor outras soluções, acordos alternativos para se assegurar da saída (...). Mas, como não vimos isso, é 'não'. Não podemos voltar a começar a cada três meses. Que as autoridades britânicas nos indiquem o caminho", completou Le Drian.

"Os britânicos que assumam a sua situação porque estão em um beco. Agora, não há maioria para nada no Parlamento britânico", nem para um Brexit sem acordo e nem para a convocação de eleições, afirmou o ministro francês.

Na semana passada, o Parlamento britânico aprovou uma lei que obriga o primeiro-ministro Boris Johnson a adiar por três meses a data prevista para a conclusão do Brexit - em 31 de outubro -, caso não se chegue a um acordo com a União Europeia (UE) antes do dia 19 do mesmo mês.