bn camara 05 2020

28 04 2020 geral anvisa lliberar teste rapidoA diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) discute na terça-feira (28/04) se liberam ou não a aplicação de testes rápidos do novo coronavírus em farmácias. Atualmente, os testes são aplicados em hospitais e clínicas das redes pública e privada.

Segundo integrantes do governo, a cúpula do Ministério da Saúde chegou a resistir à proposta, mas passou a apoiá-la recentemente. 

O receio se dá pelo fato de que os testes rápidos têm alto índice de "falso negativo", se aplicados nos primeiros dias de sintomas da doença.

Antonio Barra Torres, presidente-substituto da agência, vai apresentar proposta em reunião com diretores do órgão.

A expectativa é de que a Anvisa aceite a aplicação em farmácias, mas exigindo que o teste seja feito apenas após alguns dias do surgimento de sintomas da doença.

Com informações do Portal R7.com


an pref 07 05 2020

impacto 94 completo Página 8

an luiz octavio