bn camara 05 2020

31 01 2020 esportes fluminense pede desculpas flamengoEm nota oficial divulgada na quinta-feira (30/01), o Fluminense pediu desculpas pelos gritos de "time assassino" por parte dos seus torcedores durante o clássico contra o Flamengo, na quarta, no estádio do Maracanã, pelo Campeonato Carioca.

O clube afirmou que a ação dos seus fãs "soou excessiva" e relembrou que se manifestou em solidariedade às vítimas da tragédia ocorrida no CT Ninho do Urubu há quase um ano.

"O fato do clube da Gávea ainda não ter resolvido a questão com todas as famílias, o que não deve ser avaliado por nós, mas sim pelos órgãos competentes, não nos dá o direito de manifestações ofensivas neste sentido, até mesmo porque temos a certeza de que independentemente da responsabilização da instituição na esfera legal, não houve qualquer conduta intencional no triste incidente ocorrido", escreveu o Fluminense.

O clube ainda disse que as torcidas não podem "naturalizar a ofensa como forma de manifestação" e aproveitou a nota para lembrar que o mesmo cântico foi entoado por torcedores de outros times. Segundo o Fluminense, "sem qualquer repercussão ou cobrança da opinião pública e das mídias esportivas sobre o fato".

"Devemos lembrar casos passados e que não envolveram o Fluminense. Lembrar também de casos atuais. Em jogo recente contra o Flamengo, parte da torcida do Vasco entoou o mesmo cântico repetido ontem por parte da nossa torcida e não vimos qualquer repercussão ou cobrança da opinião pública e das mídias esportivas sobre o fato. Em síntese, não aceitamos que o Fluminense seja mais uma vez rotulado num caso onde todas as torcidas, sem exceção, estão envolvidas. Sem falar no racismo, na homofobia ou no insulto à honra que são costumeiros nos estádios por todo o mundo", disse o clube tricolor.


an pref 07 05 2020

impacto 94 completo Página 8

an luiz octavio