bn camara 05 2020

31 01 2020 esportes presidente taubate idoloUm dos maiores ídolos da história do Taubaté e atual presidente do time da região, Gilson Rezende, o Gilsinho, teve um dos melhores momentos de sua carreira como jogador de futebol quando jogou na China.

E os principais gols do então atacante enquanto esteve no país asiático foram marcados em Wuhan, cidade que se tornou o epicentro do coronavírus e que está 'isolada' pelo governo chinês, em uma espécie de quarentena para tentar conter a propagação do vírus no país.

Gilsinho chegou em 2005 e disputou três temporadas pelo Wuhan Huanghelou, time que havia acabado de subir da segunda divisão e, com o taubateano sendo artilheiro, chegou a ser campeão da Copa da China pela primeira vez.

"Me pegou bastante de surpresa saber que o epicentro do vírus foi em Wuhan. Tenho acompanhado, preocupado com meus amigos, com torcedores. Ainda tenho contato com eles, falam que sou o herói da cidade pelas conquistas que tivemos. Tenho um carinho enorme e fico preocupado", afirma o presidente do Taubaté. "Tenho visto as reportagens, que a cidade está vazia, as pessoas não podendo sair. Fui muito feliz lá, mando mensagem para alguns amigos para saberem como estão".

Futebol

Pelos gols e conquistas (o ex-atacante também jogou um ano pelo Henan Jianye, em uma cidade a 500km de Wuhan), Gilsinho lembra com carinho do período que passou na China, sendo um dos precursores nas negociações de brasileiros com o país asiáticos. O então atacante só retornou ao Brasil em 2009, quando voltou ao Taubaté e ajudou o clube a deixar a quarta divisão do futebol paulista.

Em 2014, quando o Brasil sediou a Copa do Mundo, jornalistas de Wuhan aproveitaram a vinda ao país para fazer uma visita a Taubaté e levar notícias do ídolo, que pouco depois se tornaria gerente de futebol, e, depois, presidente do Burro da Central, time que começou e terminou a carreira.

"Não só a China, mas Wuhan principalmente é uma cidade que tenho um carinho enorme, por tudo que passei lá e da maneira que fui recebido. Foram momentos muito especiais dentro da minha vida", completa o presidente do Taubaté.


an pref 07 05 2020

impacto 94 completo Página 8

an luiz octavio