bn camara 05 2020

22 12 2019 esportes cruzeiro aropela taubateO Cruzeiro fechou o ano com vitória por 3 a 0 sobre o Vôlei Taubaté na noite de sábado (21/12), em jogo válido pela décima rodada da Superliga Masculina. O triunfo, em cima do líder da competição, veio no ginásio do Abaeté, casa dos adversários, com parciais de 25/17, 25/23 e 32/30.

O duelo foi quente e teve até confusão entre os técnicos Renan Dal Zotto, do Taubaté, e Marcelo Mendez, do Cruzeiro.

Com 25 pontos, Taubaté segura a liderança da Superliga, com oito vitórias e uma derrota. O Cruzeiro reduziu essa vantagem para apenas um, já que agora possui 24 pontos.

O jogo começou equilibrado e em um clima já quente, devido à rivalidade dos últimos anos. Mas a coisa esquentou mesmo a partir de um pedido de desafio feito por Renan Dal Zotto. A arbitragem deu ponto para o Cruzeiro, mas analisou um lance diferente do solicitado. Após três minutos com o jogo parado, a bola voltou a subir. Mas Taubaté não voltou da mesma forma. Os mineiros se aproveitaram disso e dominaram a parcial, chegando a fazer 17 a 12. Aí os comandados de Marcelo Mendez mantiveram o ritmo para vencer a parcial por 25 a 18.

Aí veio a segunda parcial, onde o equilíbrio e os pedidos de desafio foram as palavras-chave. Em 8 a 7 pra o Taubaté, os visitantes pediram um desafio alegando bola dentro, mas a arbitragem marcou ponto taubateano. Em seguida, mais um ponto duvidoso quando o central Lucão atacou uma bola que tocou no bloqueio adversário e fez os mandantes abrirem 9 a 8. Com tantos pedidos, o oposto Evandro acabou advertido com cartão amarelo por reclamações excessivas. O equilíbrio foi mantido até o final, com os dois times se alternando na liderança, até que em um saque pra fora, Vissotto entregou o set para o Cruzeiro: 25 a 23.

Animado pela vantagem, o Cruzeiro seguiu com o ritmo acelerado no terceiro set. Logo de cara, os mineiros fizeram 7 a 3. Com um saque forçado encaixando bem na defesa taubateana, os visitantes administravam a vantagem. Na reta final, no entanto, embalado por uma ótima sequência de saque de Lucarelli, os taubateanos encostaram. Em uma jogada incrível, Thalles salvou a vitória do Cruzeiro ao fazer um ponto com uma manchete de costas perto de onde fica a torcida taubateana. A esta altura, o jogo estava 26 a 26.

Num episódio à parte, Renan Dal Zotto e Marcelo Mendez se estranharam durante uma checagem de vídeo. Os dois técnicos receberam cartão vermelho, o que no vôlei, dá um ponto para seu adversário. Nesta altura, o duelo ficou 30 a 29 para o Cruzeiro, que pouco depois garantiu a vitória, também em um desafio. A arbitragem viu toque de Vissotto, oposto de Taubaté, na rede, fechando a partida em 32 a 30.

As equipes voltam a jogar apenas em 2020. No dia 8 de janeiro, o Cruzeiro recebe o Ponta Grossa, às 20h, no ginásio do Riacho. No mesmo dia, mas às 21h30, o Taubaté visita o Sesi-SP, na Vila Leopoldina.


an pref 07 05 2020

impacto 94 completo Página 8

an luiz octavio