bn pref crz 24 09 2019    bn face luiz octavio automoveis 01    an camara crz 03 10 2019

 

09 10 2019 esportes fiqueirense perde penalti botafogoCom um pênalti desperdiçado aos 40 minutos do segundo tempo, o Figueirense voltou a tropeçar na Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite de terça-feira (08/10), o time catarinense perdeu chances e ficou no empate sem gols com o Botafogo, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 27ª rodada. Lanterna da tabela, a equipe de Florianópolis somou seu 18º jogo seguido sem vitória.

Com o resultado, o Figueirense continua na última colocação, com meros 21 pontos, cada vez mais longe de deixar a zona de rebaixamento. Já o Botafogo, com 40, acabou deixando o G-4 da Série B.

A equipe catarinense somava 23, mas teve subtraídos três pontos na tabela por decisão da CBF, ao seguir punição aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que puniu o clube catarinense com uma multa de R$ 3.000 por conta do W.O. diante do Cuiabá, pela 17ª rodada.

O clube catarinense alega que a CBF interpretou de forma equivocada o texto da decisão do STJD. Isso porque, a pena do Artigo 203 do CBJD não fala em perda de mais pontos ao clube que deu W.O.: "Multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais), e perda dos pontos em disputa a favor do adversário, na forma do regulamento".

O JOGO - Nesta terça, o Botafogo não teve o mesmo ímpeto de quando goleou a Ponte Preta. O time de Ribeirão Preto fez um primeiro tempo apático e ameaçou o lanterna Figueirense apenas nos acréscimos. Marlon Freitas arriscou da entrada área e mandou rente à trave de Pegorari. E foi só. A equipe paulista pecou na criatividade e abusou das jogadas pelos lados de campo.

Apesar de conseguir anular o rival, o Figueirense também teve apenas uma oportunidade nos primeiros 45 minutos. Jefferson Renan apareceu livre pela direita e tentou o chute. A bola bateu na rede pelo lado de fora. O time catarinense mostrou a mesma dificuldade das partidas anteriores e pouco empolgou.

O panorama do segundo tempo foi outro. O Figueirense saiu ao ataque e perdeu grande oportunidade logo aos quatro minutos. Andrigo arriscou de fora da área e mandou para fora. A resposta veio com Murilo Henrique. O atacante recebeu de Pablo e chutou perto do gol.

O time de Ribeirão Preto cresceu e fez uma verdadeira blitz no campo defensivo do Figueirense. No chute de Murilo Henrique, Pegorari defendeu. Já a cabeçada de Luiz Otávio foi para fora. Bruno Moraes, por sua vez, só não marcou, pois Pereira tirou em cima da linha.

O Figueirense não se entregou e teve a melhor chance de marcar. Luiz Otávio acertou o cotovelo no rosto de Alemão, dentro da área, e acabou expulso. Andrigo foi para a cobrança de pênalti, mas parou na defesa de Darley, que assegurou o 0 a 0 no placar.

Com um homem a mais, o time catarinense tentou pressionar o rival, mas foi com Andrigo, novamente, a melhor oportunidade de gol. O meia recebeu livre dentro da área, mas cabeceou muito mal, não tirando o zero do marcador.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Brasil na sexta-feira, às 19h15, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS). No sábado, às 19h, o Figueirense recebe o América no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 0 x 0 FIGUEIRENSE

BOTAFOGO - Darley; Lucas, Luiz Otávio, Didi e Pará; Pablo, Higor Meritão (Felipe Saraiva), Marlon Freitas, Murilo Henrique (Nadson) e Dodô (Bruno José); Bruno Moraes. Técnico: Hemerson Maria.

FIGUEIRENSE - Pegorari; Luis Ricardo, Alemão, Pereira e Conrado; Patrick, Tony, Breno (Robertinho), Andrigo e Jefferson Renan (Victor Guilherme); Yuri Mamute (Odilávio). Técnico: Márcio Coelho.

ÁRBITRO - Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Bruno Moraes e Lucas (Botafogo); Alemão, Andrigo, Patrick e Yuri Mamute (Figueirense).

CARTÃO VERMELHO - Luiz Otávio (Botafogo).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).


bn feira profissoes

an pao quente 02

an byomed