23 02 2019 regiao unitau guaraA Unitau (Universidade de Taubaté) está discutindo a implantação de um campus na área de biomedicina na cidade de Guaratinguetá.

De acordo com a prefeitura, a instalação depende da doação de um prédio onde os cursos serão ministrados.

Segundo a gestão, o campus poderá abrigar mais de três cursos na área de saúde.

As tratativas tiveram início no final do ano passado e nesta quarta, a reitora da instituição, Nara Lucia Perondi Fortes, fez uma reunião com o prefeito Marcus Soliva (PSB).

A reitora também visitou possíveis locais em que a universidade pode se instalar.

"A gente já está com as tratativas avançadas, mas precisamos achar uma área que atenda às necessidades dos cursos", afirmou a reitora.

Segundo a gestão municipal, é possível que a área seja definida ainda no primeiro semestre deste ano.

Durante o encontro, prefeito Marcus Soliva destacou que a cidade tem hospitais para realizar a residência de alunos na área da saúde.

"Precisamos de uma área de pelo menos 1.200 metros quadrados construídos para implantar o campus. Já visitamos algumas áreas interessantes", disse o prefeito.

A Prefeitura de Guaratinguetá descartou a possibilidade de doação de um terreno para construção de um novo prédio. Segundo a gestão, a obra levaria muito tempo.

Um dos prédios visitados pela reitora e pelo prefeito foi a Escola Conselheiro Rodrigues Alves, mas a possibilidade foi desconsiderada porque o local que atualmente abriga diversos alunos, teria que ser desocupado.

Uma estrutura no Centro de Saúde de Guaratinguetá também foi visitada, mas prefeitura afirmou que está buscando mais opções para a instalação do campus.

Em Taubaté, o curso de medicina oferece 60 vagas por semestre. O vestibular é realizado no início e no meio do ano. O curso é um dos mais tradicionais e procurados da universidade, com uma das maiores demandas.


15 08 2020 regiao crz numero corona

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01