an luiz octavio        an pref crz jan 2020

14 02 2020 regiao taubate mulher dengueUma mulher de 30 anos morreu na quinta-feira (13/02) vítima de dengue em Taubaté (SP). O diagnóstico foi confirmado pela Secretaria de Saúde municipal. Essa é a primeira morte por dengue registrada na cidade em 2020. Segundo a prefeitura, os últimos registros da Vigilância Epidemiológica são de 2016, quando foram confirmadas três mortes por dengue em Taubaté.

Thais Viana Gomes começou a apresentar sintomas da doença na segunda-feira, quando procurou atendimento médico pela primeira vez e foi liberada após ser medicada. A prefeitura informou que inicialmente a paciente não apresentava sinais de dengue.

Sem apresentar melhora, ela foi levada à UPA Central nesta quarta-feira e foi internada. A mulher seria transferida para o Hospital Regional da cidade devido à gravidade do quadro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo a família, a vítima já havia contraído dengue anteriormente.

Amostras do sangue da paciente foram coletadas e enviadas para o Instituto Adolfo Lutz para identificar qual o sorotipo da doença. Pessoas infectadas por sorotipos diferentes em um período de seis meses a três anos podem ter uma evolução para formas mais grave da doença.

A paciente morava na região do Três Marias e, segundou a prefeitura, foi feita nebulização no quarteirão da casa dela no dia 30 de janeiro. A última análise de densidade larvária feita em Taubaté aponta risco de epidemia de dengue na cidade.

A vítima morava com a filha de 7 anos e o marido. O sepultamento será em São Luiz do Paraitinga.


an pao quente 01

an byomed