bn luiz octavio mega feirao nov 2019   bn pref crz 24 09 2019   an pao quente 01

03 12 2019 regiao vagas terceiro bimestreApós saldo negativo de 321 postos de trabalho no segundo trimestre deste ano, segundo a Fundação Seade, o Vale do Paraíba se recupera nos três meses seguintes e registra a abertura de 4.134 empregos de julho a setembro de 2019, alta de 0,8%. O resultado é fruto de 49.310 contratações contra 45.176 demissões registradas no terceiro trimestre do ano.

A criação de novas vagas no mercado de trabalho interrompe dois trimestres com perda de empregos. No primeiro trimestre deste ano, por exemplo, o Vale havia cortado 934 postos de trabalho, o pior resultado desde o primeiro trimestre de 2017, quando a região perdeu 4.080 empregos na comparação com os três meses anteriores.

No final de setembro, segundo o Seade, a região contava com 529.883 postos de trabalho formais na economia, diante de 525.749 no final de junho deste ano.

O bom resultado entre julho e setembro colocou o Vale na 6ª colocação entre 16 regiões do estado no ranking das que criaram mais empregos no período, com crescimento de 0,8%. A região de Itapeva lidera com 3,9%.

No período anterior, o Vale havia registrado 0,1% de aumento no emprego e ficado na 13ª posição do ranking.

No geral, o estado de São Paulo teve um crescimento no emprego de 0,7% no terceiro trimestre na comparação com o segundo, equivalente à criação de 89,6 mil vagas no mercado de trabalho paulista.

Percentualmente, a construção civil foi o setor da economia que mais contratou novos trabalhadores entre julho e setembro deste ano, com um índice de 5%. Foram 1.438 novos empregos no período na comparação com o segundo trimestre, que já havia registrado 456 vagas a mais ante os três primeiros meses de 2019.


an byomed