bn pref crz 24 09 2019    bn luiz octavio mega feirao nov 2019    an camara crz 03 10 2019

 

15 10 2019 regiao taubate ubatuba joanopolis sarampoA Vigilância Epidemiológica registrou novos casos de sarampo em Taubaté, Joanópolis e Ubatuba na segunda-feira (14/10). Com os novos registros, o Vale do Paraíba e região Bragantina já somam 159 casos de sarampo em 19 cidades.

Em Taubaté, foram quatros novos casos e a cidade agora soma 20 casos da doença. Os quatro casos mais recentes são os de quatro bebês de 1 ano (três meninas e um menino) moradores da Estiva, Vila São José, São Gonçalo e Canuto Borges.

Foram realizadas ações de bloqueio vacinal nos bairros e os pacientes passam bem. Outros 29 casos estão em análise e 34 casos foram descartados.

Ubatuba confirmou oito novos casos e saltou para 10 casos confirmados da doença. As novas vítimas na cidade são quatro mulheres, de um, cinco, 29 e 39 anos, e as outras quatro são homens, de 41 e 8 anos, e dois bebês de cinco e nove meses. Todos foram atendidos, tiveram alta e passam bem.

Três pacientes são do bairro Sertão de Quina, dois do Bela Vista e o restante são moradores do Jardim Samambaia, Marafunda, Poços de Calda. Segundo a prefeitura, áreas receberam bloqueio vacinal.

Já Joanópolis confirmou mais dois casos de sarampo nesta segunda-feira (14). Com os novos casos, a cidade chega a três registros da doença. A identidade dos dois pacientes e estado de saúde não foram divulgados.

Região

Com mais essas ocorrências de sarampo em Ubatuba, a região contabiliza 159 registros da doença em 19 cidades. Veja lista:

■ São José dos Campos - 33

■ Atibaia - 28

■ Caçapava - 21

■ Taubaté - 20

■ Ubatuba - 10

■ Pindamonhangaba - 9

■ Bragança Paulista - 9

■ Jacareí - 7

■ Ilhabela - 6

■ Joanópolis - 3

■ Bom Jesus dos Perdões - 3

■ Lorena - 2

■ Campos do Jordão - 2

■ Cruzeiro - 1

■ Piracaia - 1

■ Potim - 1

■ Aparecida - 1

■ Caraguatatuba - 1

■ São Sebastião - 1

Quem deve se vacinar

■ Dose extra para bebês de 6 meses a 12 meses

■ Crianças de 15 meses (segunda dose tetraviral)

■ Crianças de 15 meses a adultos de até 29 anos sem o registro de duas doses (se tiver tomado uma dose, terá que tomar a segunda. Se não tomou nenhuma, deve receber duas no intervalo de 30 dias)

■ Adultos de 29 a 59 anos, sem registro na carteira (tomar uma dose)

■ Profissionais de saúde

Quem não deve se vacinar

■ Gestantes

■ Crianças menores de 6 meses

■ Imunodeprimidos


an pao quente 02

an byomed