bn pref crz 24 09 2019    bn face luiz octavio automoveis 01    an camara crz 03 10 2019

 

01 10 2019 regiao jacarei ex prefeitoApós o STF (Supremo Tribunal Federal) manter uma condenação de improbidade administrativa a Marco Aurélio de Souza, o ex-prefeito de Jacareí afirmou que irá recorrer e que espera discernimento da população sobre o caso.

A ação popular, ajuizada pelo ex-vereador Pedro Motta, ainda durante o ano de 2001, defende que o então prefeito havia se utilizado do governo, por meio de uma publicação oficial, para fazer uma promoção pessoal.

O TJ (Tribunal de Justiça) condenou Marco Aurélio, que fez o agravo ao STF e, em 12 de setembro, recebeu a negativa, assinada pelo ministro Marco Aurélio.

"Não há como deixar de reconhecer no caso concreto a violação das exigências de impessoalidade e moralidade da publicidade oficial exigidas pelo artigo 37, da Constituição Federal, posto que a técnica da entrevista propiciou o destaque à pessoa e à imagem do apelante", justifica o relator, na decisão.

Em entrevista o ex-prefeito afirmou que, do ponto de vista jurídico, não vê novos impedimentos, já que a condenação em ação popular não o impediria de registrar uma candidatura caso este fosse o seu desejo.

Por outro lado, acredita que a condenação pode ser utilizada por opositores que o desejam fora do cenário político.

"Quem vai fazer uma disputa vai querer que essa imagem que temos seja afetada. Mas acho que faz parte do jogo. Vai caber à população fazer o seu discernimento", afirmou.

Apontado como possível nome do PT às eleições municipais de 2020, Marco Aurélio afirmou que ainda não há uma definição, mas que a decisão do partido deve ser firmada entre novembro e dezembro, já que a legenda ainda finaliza processos de eleições internas no país.

"Está tudo caminhando dentro do tempo correto", continuou, Marco Aurélio.


bn bachiana sesi sp

an pao quente 02

an byomed