13 09 2019 policia incendio 01Um incêndio atingiu uma parte do lavandário na noite de quinta-feira (12/09) em Cunha (SP). De acordo com os donos da área, foram cerca de quatro horas para combater as chamas, que se concentraram na parte baixa do terreno e não atingiu o campo principal de lavanda.

As chamas começaram por volta das 18h na estrada que fica próxima ao espaço que é um ponto turístico na cidade. Com o vento, o fogo se alastrou e atingiu a área do lavandário. O incêndio mobilizou a Defesa Civil e voluntários que atuaram até 22h30 para o combate às chamas.

Os proprietários informaram que alguns pés e mudas recém-plantadas foram atingidas, mas que a grande plantação permaneceu intacta. Apesar do incêndio, o espaço vai abrir normalmente nesta sexta-feira.

A extensão da área consumida pelo fogo será avaliada nesta sexta. As circunstâncias do fogo serão apuradas.

Ponto turístico

Cunha tem no lavandário um dos seus principais pontos turísticos. São cerca de 40 mil pés de lavanda, sempre com uma área florida, pois as podas são rotativas.

Nos campos, as lavandas mudam de cor conforme a luz e ficam mais ou menos roxas, dependendo da posição do sol. O perfume que as pétalas exalam é tão agradável, que muita gente quer levar para casa.

Nas prateleiras da loja, que fica bem na entrada do lavandário, os visitantes encontram sabonetes, cremes e colônias com fragrância de lavanda que são produzidos ali mesmo.

No fim da tarde, depois de passear pelo lavandário, visitar a lojinha e tomar um café, os turistas se ajeitam na grama para esperar o pôr do sol, que é um espetáculo à parte.

O lavandário fica entre as serras da Bocaina e do Mar, na Estrada Cunha-Paraty, km 54. O acesso é pela SP-171 a partir da Dutra, em Guaratinguetá. A entrada custa R$ 10.

13 09 2019 policia incendio 02