20 08 2019 regiao guara escolta bolsonaroO policial rodoviário federal André Montezuma Rebula, que fazia escolta do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), segue internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Unimed, em Lorena. De acordo com a unidade médica, ele passou por várias baterias de exame, não precisou de cirurgia e segue em observação, estável e lúcido, mas sem previsão de alta.

Rebula é motociclista e membro da equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) do Rio de Janeiro. Bolsonaro, que desembarcou em Guaratinguetá, na tarde de sexta-feira, com destino a Resende (RJ).

Bolsonaro participou de cerimônia de entrega de espadins aos cadetes da Aman (Academia Militar das Agulhas Negras), na manhã de sábado.

No trajeto entre Guaratinguetá e Resende, em meio à escolta presidencial, Rebula colidiu com um veículo de um usuário da Via Dutra, de acordo com a PRF.

O acidente ocorreu às 18h20, na altura do km 46, em Canas. Ainda segundo a PRF, Rebula foi levado consciente ao hospital, mas com ferimentos graves.

Bolsonaro visitou o policial no hospital no sábado.

A visita foi rápida e ele conversou com o policial, que bateu continência ao presidente.

Bolsonaro tirou fotos com funcionários e deixou o local exaltado por fãs.


an paulo bento

an luiz octavio