bn cmc 26 08 2019        an luiz octavio        bn pref crz setembro 2019

 

16 08 2019 regiao sjc kc 390 fabA FAB (Força Aérea Brasileira) deve receber o primeiro KC-390 produzido pela Embraer no dia 4 de setembro, em uma solenidade especial na Base Aérea de Anápolis, em Goiás. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve participar da cerimônia, que pode ter a data alterada em razão de mudanças na agenda do mandatário.

As duas primeiras unidades do cargueiro multimissão KC-390 que a FAB irá receber da Embraer estão em fase de checagem completa na fábrica de Gavião Peixoto, onde foram produzidas.

Segundo a FAB, a comissão de recebimento do avião está fazendo um 'check-list' para a conferência das aeronaves, inspecionando todos os sistemas, equipamentos e funcionalidades dos aviões.

As aeronaves ficarão sediados na Ala 2 da Base Aérea de Anápolis e serão entregues em condições de cumprir diversas missões.

Treinamento

Desde o ano passado, o Primeiro Grupo de Transporte de Tropa da FAB tem trabalhado na preparação para receber o KC-390. Em julho deste ano, a FAB passou a treinar as primeiras turmas de tripulantes.

Antes do início da checagem final, o primeiro KC-390 esteve em exibição no Paris Air Show, em julho, na França. O segundo avião deve ser entregue até o final do ano.

Ao todo, 28 aeronaves adquiridas irão compor a frota da FAB, a primeira força aérea do mundo a comprar o cargueiro da Embraer. O contrato é de R$ 7,2 bilhões. O Brasil deve receber os aviões até 2024.

Cinco unidades do KC-390 também foram vendidas para Portugal, o primeiro cliente de exportação do cargueiro, o maior avião já desenvolvido pela Embraer.

Após a aeronave chegar a Anápolis, segundo a FAB, será iniciada a instrução aérea dos pilotos e tripulantes, que poderão atuar na "operacionalidade e doutrina da aeronave".

Os primeiros pilotos foram selecionados conforme competências adquiridas em áreas da aviação, como caça, patrulha, reconhecimento ou transporte. Para tanto, um grupo já foi criado.


an byomed

an pao quente 02