bn cmc 26 08 2019        an luiz octavio        bn pref crz setembro 2019

 

05 0 2019 regiao trem intercidadesO governador João Doria (PSDB) viaja para a China nesta segunda-feira (05/08), e, entre outros assuntos, vai assinar um protocolo de intenções com a empresa que pode ficar responsável pelo projeto do Trem Intercidades.

O governo do Estado anunciou que o tucano assinatá o termo com a CR20 (China Railway 20 Bureau Group Corporation), empresa gigante do setor de engenharia. A ideia é "estreitar a cooperação no setor de infraestrutura nas áreas ferroviária e metroviária", e pode ser o primeiro passo para construir o Trem, vitrine do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e promessa de Doria.

O projeto ferroviário tem como meta interligar as regiões metropolitanas do Vale do Paraíba, Campinas, Sorocaba e Baixada Santista, e a primeira etapa, que ligaria o Vale a Campinas, está prevista para sair do papel em 2021.

Em reunião com o Banco Mundial, o custo estimado do projeto seria de R$ 5,4 bilhões, sendo que R$ 1,8 bilhão sairiam dos cofres do Estado e o restante por meio de uma PPP (Parceria Público-Privada) feita pelo governo.

Investimentos

Além disso, o Estado também vai inaugurar um escritório em Xangai, justamente para captar investimentos para projetos aqui no Brasil.

"Essa é a quarta missão empresarial de São Paulo no mercado externo. A Missão China, a maior de todas. Teremos duas inovações, pois estamos levando 35 empresas brasileiras para o contato direto com investidores internacionais. O segundo fator inovador é a abertura do escritório da InvestSP em Xangai", disse o governador.

"O escritório vai ser um ponto de apoio para as empresas brasileiras, localizadas em São Paulo, na exportação de produtos e serviços. Além de apoiar o governo no programa de desestatização, que é parte significativa na agenda de relação com a China", completou.


an byomed

an pao quente 02