30 03 2019 regiao jacarei combustivelO gasto dos vereadores de Jacareí com combustível aumentou 18% em fevereiro desse ano, comparado com as despesas registradas pela Câmara no mesmo mês do ano passado.

Segundo dados fornecidos pelo próprio Legislativo, o gasto mensal passou de R$ 3.450,29 para R$ 4.775,53.

Em Jacareí, o limite mensal que os vereadores podem gastar com combustível para o abastecimento do veículo oficial é de 200 litros. Neste mês, o parlamentar que mais se aproximou deste valor foi o Valmir do Parque Meia Lua (DC), que abasteceu 196 litros -- 4 a menos que o limite.

Para justificar, o parlamentar afirmou que percorre longas distâncias diariamente para chegar às comunidades mais afastadas. "A cidade de Jacareí faz divisa com cinco cidades. Eu vou em toda a zona rural, ando muito pelos bairros para conhecer a realidade das áreas mais distantes", afirmou Valmir, que em fevereiro do ano passado também registrou o maior gasto com combustível.

O gasto da presidência da Casa teve aumento. No ano passado, a vereadora Lucimar Ponciano (PSDB), à época no comando da Câmara, somou o gasto de R$ 196,32 para o abastecimento do carro, que tinha consumido cerca de 50 litros. Neste ano, o valor atribuído ao presidente, Abner de Madureira (PR), chegou a R$ 935,64.

Neste caso, a Câmara informou que a presidência possui dois veículos, e que somente um deles foi utilizado pelo atual presidente. "O veículo da presidência está sendo utilizado pelas secretarias em serviços e atos oficiais dos servidores devido à manutenção em um dos veículos da Câmara", diz trecho de nota enviada à reportagem.

Desta forma, o gasto do veículo utilizado somente pelo gabinete teria ficado em R$ 386,14 e os demais R$ 549,50 teriam sido gastos com o outro carro. Com o gabinete, no ano passado, a conta de Abner havia ficado em R$ 176,60.


an paulo bento

an luiz octavio