20 03 2019 regiao justica homologaA Justiça homologou um acordo feito entre o governo Felicio Ramuth (PSDB), o Ministério Público e a Defensoria Pública para o fim das suspensões da obra do Arco da Inovação, ponte estaiada que está sendo construída na zona oeste de São José Campos.

Conforme o acordo, a prefeitura terá que apresentar em até 90 dias uma série de propostas de políticas públicas que serão adotadas. A meta, por exemplo, é que o índice de deslocamentos que são feitos por meio do transporte coletivo aumente dos atuais 26% para 35%, pelo menos, nos próximos dez anos.

A construção chegou a ser suspensa por decisão judicial, após pedido da Promotoria, mas depois foi liberada. Ela foi liberada no início deste mês, com novos argumentos enviados pelo Poder Executivo, e agora dependerá do cumprimento do acordo para seguir normalmente.

"Os serviços de transporte público coletivo, segundo a Constituição Federal, possuem caráter essencial, pois além de garantir a mobilidade urbana para as camadas menos favorecidas, permite o acesso da população aos demais direitos sociais, tais como o trabalho, saúde, educação, cultura e lazer", afirmou o defensor Jairo Salvador.

Uma audiência para debater o acordo e a obra do Arco da Inovação estava marcada para o último dia 14, mas foi remarcada para 25 de abril.

De acordo com a prefeitura, as obras continuam em ritmo acelerado, com os trabalhadores atuando em cinco frentes. A previsão atual é que o Arco da Inovação esteja finalizado em dezembro deste ano -- a obra custará R$ 48,5 milhões, com valor vindo de um empréstimo do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).


15 08 2020 regiao crz numero corona

an paulo bento

an luiz octavio

cartilha detran servicos digitais final at Página 01