06 03 2018 regiao marcelo manoelA saída de Marcelo Garcia da Diretoria de Trânsito da Prefeitura de Cruzeiro foi confirmada na terça-feira (05). O pedido de demissão foi assinado na sexta-feira (01). Embora ainda não confirmada oficialmente pela assessoria do prefeito Thales Gabriel, a saída de Manoel Amorim da direção geral do SAAE foi informada no final de semana por fontes ligadas ao gabinete municipal.

Marcelo Garcia e Amorim compunham o staff do governo Thales desde janeiro de 2017. Ao confirmar o desligamento da Diretoria de Trânsito, Garcia afirmou ter sido motivado por interesses profissionais, disposto a dedicar-se exclusivamente à sua empresa de formação de condutores de veículos. A demissão de Amorim teria como causa divergências internas no modelo administrativo do SAAE.

Oficialmente ainda não se sabe o nome do novo diretor de Trânsito. Nos bastidores políticos, o nome do ex-vereador Juarez Juvêncio é comentado. No SAAE, a vaga deixada por Manoel Amorim é ocupada interinamente por José Kléber, secretário de Governo e de Obras.

CAMPANHA 2020

LOGO que a saída de Manoel Amorim foi comentada, surgiram postagens em redes sociais apontando para a possibilidade de sua candidatura a prefeito pelo PSL. A direção do partido em Cruzeiro está tratando do fortalecimento da base de apoio, aproveitando a repercussão gerada pela vitória de Jair Bolsonaro à Presidência da República.

Segundo as informações de bastidores, o PSL teria conquistado a adesão dos ex-vereadores Carlinhos Stockar e Juarez Juvêncio. Com a adesão de Manoel Amorim, a sigla partiria para as eleições municipais de 2020 com chapa completa.

PAULO VIEIRA, vereador, deverá buscar apoio para a aprovação do projeto que eleva de 10 para 15 o número de vereadores em Cruzeiro. A proposta, lançada em meados do ano passado, enfrentou resistência. Como estratégia, Vieira pôs o projeto na gaveta e agora espera o apoio. Um dos argumentos é de que, pelo porte do município no cenário regional, 15 vagas dariam mais peso a Cruzeiro.

Outro lance de Vieira mira o fortalecimento de partidos que poderão se aliar ao PR em 2020. Com cada sigla concorrerá solteira (com o fim das coligações), Paulo Vieira que garantir “bons de votos” em seu partido.

Além do PR, o vereador também tenta aproximação com o PT. Dessa forma, a base de apoio aos projetos políticos de Vieira seriam ampliados para 2020, fato que aumentaria seu poderio político de apoio à reeleição de Thales Gabriel ou de outro que o próprio Vieira tratará de escolher.

As pretensões políticas de Paulo Vieira vão além de Cruzeiro. Ele almeja “fazer” os futuros prefeitos de Lavrinhas, de Queluz e de Areias. Com a chancela de Paulo Vieira, o radialista José Rogério, atual secretário Institucional da Prefeitura de Cruzeiro, está em plena campanha para a Prefeitura de Lavrinhas. Os nomes apoiados por Paulo Vieira nas outras duas cidades não foram comentados.


an paulo bento

an luiz octavio